Resende na rota do contrabando de aparelhos eletrônicos para TV Box

0

RESENDE/RIO DE JANEIRO

Uma operação conjunta entre a Polícia Federal, a Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho da Receita Federal (DIREP) e a Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil (CORE) resultou na apreensão de mais de 60 mil aparelhos eletrônicos para televisão em todo o Estado do Rio.

A ação aconteceu na sexta-feira, dia 9,simultâneamente, nos Portos Secos (EADI) de Resende, no Sul Fluminense e de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, além do Porto de Itaguaí. Os aparelhos foram encontrados em containers, que foram vistoriados pelos agentes.

A apreensão já representa um prejuízo superior a R$50 milhões ao crime organizado-Divulgação PF

De acordo com os agentes da Polícia Federal, os aparelhos apreendidos são utilizados para acessar canais de TV a cabo burlando os serviços oficiais dos produtores e violando os direitos autorais, constituindo-se crime contra a propriedade imaterial e contrabando.

Esta é a maior apreensão desses aparelhos de TV em todo país. “A apreensão já representa um prejuízo superior a R$50 milhões ao crime organizado, especificamente a grupos de milicianos que se dedicam ao contrabando e a essa modalidade criminosa”, informaram os agentes, acrescentando que inúmeros contêineres foram vistoriados.

Segundo os policiais federais, a pena de acordo com o Código Penal varia de dois a cinco anos e pode ser dobrada quando o crime é praticado em transporte marítimo.

error: Conteúdo protegido !