Mais de 2.300 doses aplicadas no Dia D de Vacinação e Multivacinação em Angra

0

ANGRA DOS REIS
Em Angra dos Reis, o sábado, da 20, foi “Dia D” da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação. A ação, promovida pela Prefeitura de Angra, por meio da Secretaria de Saúde, foi realizada em diversas ESF´s, CEM´s e UBS´de todo município. Adolescentes de até 15 anos e crianças puderam ser imunizados contra diversas doenças, sendo que aquelas menores de cinco anos receberam a dose contra a poliomielite. A doença, nos casos mais graves, pode causar paralisia irreversível.
A poliomielite já está erradicada no país, porém os índices de vacinação vêm caindo ano a ano. Por isso, o Ministério da Saúde quer alcançar cobertura vacinal igual ou maior que 95% contra a poliomielite na faixa etária de 1 a menores de 5 anos de idade. Em Angra, essa população na faixa etária para receber a vacina contra a poliomielite é de 13 mil 323 crianças. As crianças menores de um ano devem ser vacinadas conforme a situação vacinal encontrada para esquema primário.
Além disso, o objetivo é reduzir o número de não vacinados de crianças e adolescentes menores de 15 anos e melhorar as coberturas vacinais, conforme o Calendário Nacional de Vacinação. As crianças de um a quatro anos devem ser vacinadas indiscriminadamente com a Vacina Oral Poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido as três doses de Vacina Inativada Poliomielite (VIP) do esquema básico.
POLIOMELITE
Foram aplicadas também durante o sábado, 1.007 doses de vacinas contra a poliomielite. Já contra as diversas outras doenças, foram aplicadas 1.300 vacinas em crianças e adolescentes. Em locais como os CEM´s de Jacuecanga e Japuíba foram feitos reforços de vacinas devido à alta demanda. Em Jacuecanga, inclusive, a vacinação passou das 17 horas para imunizar todos que chegaram até às 16 horas.
A vacinação continua nas ESF´s até 10 de setembro e para receber a imunização, deve ser apresentado cartão SUS ou CPF e cartão de vacina – sem este último, não é possível efetuar a aplicação do imunizante.
– É muito importante a intensificação da vacinação de rotina para atualização da caderneta de vacinação, promovendo elevação da cobertura vacinal na população de crianças e adolescentes, minimizando a ocorrência de doenças imunopreveníveis diante do cenário das baixas coberturas vacinais. Quem não pôde vacinar as crianças e adolescentes neste sábado, pode ficar tranquilo que a multivacinação continua e em 10 de setembro teremos outro “Dia D” – disse o secretário de Saúde de Angra, Glauco Fonseca.
IMUNIZANTES DISPONÍVEIS
Os imunizantes disponíveis na Campanha Nacional de Vacinação são contra: Hepatite A e B, Penta (DTP/Hib/Hep B), Pneumocócica 10 valente, VIP (Vacina Inativada Poliomielite), VRH (Vacina Rotavírus Humano), Meningocócica C (conjugada), VOP (Vacina Oral Poliomielite), Febre amarela, Tríplice viral (Sarampo, Rubéola, Caxumba), Tetraviral (Sarampo, Rubéola, Caxumba, Varicela), DTP (tríplice bacteriana), Varicela e HPV quadrivalente (Papilomavírus Humano).
Também estão disponíveis para os adolescentes, as vacinas HPV, dT (dupla adulto), Febre amarela, Tríplice viral, Hepatite B, dTpa e Meningocócica ACWY (conjugada). Todos os imunizantes que integram o Programa Nacional de Imunizações (PNI) são seguros e estão registrados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
A campanha de vacinação coincide com a imunização contra a Covid-19 em andamento. As vacinas Covid-19 podem ser administradas de maneira simultânea ou com qualquer intervalo com as demais do Calendário Nacional, na população a partir de três anos de idade. A atualização da situação vacinal aumenta a proteção contra as doenças imunopreveníveis, evitando a ocorrência de surtos e hospitalizações, sequelas, tratamentos de reabilitação e óbitos. A mobilização nacional é uma estratégia adotada pelo Ministério da Saúde e é realizada com sucesso desde 1980.