Itatiaia Moto Park apresenta projeto de construção de um autódromo

0

ITATIAIA

O prefeito Irineu Nogueira participou no final da manhã de hoje (11), do lançamento do Itatiaia Moto Park, um complexo esportivo e de entretenimento para a realização de atividades a motor que envolvem competições nacionais e internacionais. O empreendimento, que será todo custeado pela empresa, será construído no bairro Fazenda da Serra.

O projeto contempla a construção de um autódromo com padrões para receber eventos esportivos de grande e médio porte, além de exposições, treinamentos, testes, certificações e cursos, respeitando o conceito de sustentabilidade, conforme manifestado pela Confederação Brasileira de Automobilismo.

O evento de lançamento contou com a presença do sócio do empreendimento, o jornalista, João Mendes, de autoridades municipais, empresários, convidados e empreendedores do setor automobilístico.

De acordo com o projeto, além de diversos outros investimentos, o Itatiaia Moto Park tem o objetivo de fomentar o turismo local, gerando um crescimento na arrecadação.

O projeto conta ainda com uma Vila Gastronômica associada a um pequeno shopping que estará estrategicamente instalada na rota de saída das visitas guiadas ao completo e também com postos de divulgação e inscrição de cursos de pilotagem e direção, show room de montadores e souvenirs.

“Itatiaia é uma cidade de muitas potencialidades e estamos muito felizes com esse novo empreendimento, que com certeza somará muito com o desenvolvimento da nossa cidade, principalmente no que se refere a geração de emprego”, disse o prefeito Irineu Nogueira.

Itatiaia Moto Park

O Itatiaia Moto Park contará com uma localização privilegiada, no eixo Rio- São Paulo, sendo a cerca de 02h30min dos aeroportos do Galeão (RJ) e Guarulhos (SP) em uma região com ampla rede hoteleira, que conta com dezenas de empresas do ramo automobilístico e multinacionais.

Segundo a apresentação do projeto, o modelo de negócio está amparado na necessidade do Estado do Rio de Janeiro de ter um novo autódromo de padrão internacional, que além das competições, deverá servir a toda a comunidade, impulsionando o seu desenvolvimento, tecnológico e social.

A ideia é que o Estado do Rio de Janeiro volte a ter condições de sediar grandes competições movimentando a economia da região, gerando empregos e contribuindo para a o desenvolvimento de novos negócios.