Homem morre após ser atropelado por trem em Quatis

0

QUATIS

Um homem, de 67 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira, dia 26, após ter sido atropelado por um trem, no Centro da Cidade. De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi atropelada no final da noite de terça-feira, dia 25, na altura da Estrada que liga Quatis ao bairro Vista Alegre, em Barra Mansa. O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Três Poços, em Volta Redonda.

Os policiais do 37º Batalhão da Polícia Militar (BPM) foram acionados por volta das 23h50min, por um funcionário da VLI Ferrovia Centro-Atlântica SA para verificar acidente ocorrido na linha férrea. “O funcionário contou que a maquinista estava conduzindo a composição com 33 vagões pela ferrovia no sentido de Barra Mansa quando observou uma pessoa deitada na beira da linha. De imediato o maquinista acionou os freios de emergência, mas devido ao peso do trem não houve tempo hábil para parar. A composição arrastou a vítima por aproximadamente dez metros”, explicou um policial. Ele informou que o maquinista pediu socorro com o Serviço Médico de Atendimento de Urgência (Samu). “O homem foi socorrido e levado para o Hospital São Lucas, em Quatis. Em seguida foi transferido em estado grave para a Santa Casa de Barra Mansa, onde não resistiu aos ferimentos”, disse o militar.

O atropelamento foi registrado na 100ª Delegacia de Polícia (DP). Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) periciaram o local do acidente.

Em nota enviada a imprensa, da VLI Ferrovia Centro-Atlântica, responsável pela linha férrea, informou que o homem estava deitado na linha férrea. “Todos os procedimentos de segurança, como redução de velocidade e alertas sonoros, foram adotados. Devido ao peso da composição, um trem pode percorrer até um quilômetro antes e parar completamente”, informou a nota, acrescentando que o local é sinalizado de acordo com a legislação. “A empresa orienta os motoristas e pedestres a respeitarem a sinalização e o aviso de ‘pare, olhe e escute’ antes de atravessar uma linha férrea”, completa.