Escola Maria Carraro é a primeira a receber oficinas do Cras em Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA
Com o objetivo de ampliar as ações socioeducativas para os alunos do Ensino Fundamental, a Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac), está levando oficinas do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) para dentro das quatro unidades de ensino integral da rede municipal. A primeira a receber o projeto foi a Escola Municipal Maria Carraro, localizada no bairro Mariana Torres, que conta atualmente com oficinas de karatê, futsal e violão para os alunos do 4º e 5º anos.
Pioneira no funcionamento em horário integral, a Escola Municipal Maria Carraro realiza as atividades em parceria com o Cras Mariana Torres. De acordo com a diretora da unidade, Ana Maria Ferreira da Silva, essa parceria é fundamental para oferecer atividades diversificadas da grade curricular. “O funcionamento da unidade em horário integral evita que os educandos fiquem nas ruas, possibilitando a escola realizar o desenvolvimento pleno do estudante, contribuindo para a transformação do modo como se relaciona com o conhecimento, com sua escola, com sua comunidade, para a formação da sua autonomia e a formação cidadã.
Trazer essas atividades para dentro das unidades escolares é muito importante para o nosso trabalho”, disse a diretora.
INICIATIVA
Outras três unidades da Rede Municipal de Ensino, que funcionam em horário integral, participarão dessa iniciativa. São elas: escolas municipais Amazonas, Pernambuco e Mato Grosso, todas localizadas no bairro Retiro.
A diretora do Departamento de Proteção Social Básica da Smac, Rosane Marques, a Branca, afirmou que a integração Cras-Escola vai permitir que as crianças e adolescentes que ficam na escola nos dois períodos se beneficiem das oficinas culturais oferecidas nos Centros de Referência.
“As aulas são ministradas nos Cras no contraturno escolar. Como estas unidades funcionam em tempo integral, estes estudantes não conseguem frequentar. Agora, vamos levar para a escola as oficinas de violão, dança, futsal, violão, karatê, teatro e taekwondo”, afirmou Branca.
BUSCA ATIVA
Além desse projeto desenvolvido nas unidades educacionais que funcionam em tempo integral, a Smac está realizando uma busca ativa dentro das escolas para mostrar os trabalhos que são desenvolvidos nos Centros de Referência em Assistência Social (Cras), inserindo assim os alunos da Rede Municipal de Ensino nessas atividades.
A Escola Municipal Maria Carraro foi fundada em 4 de dezembro de 2004 e está situada no bairro Mariana Torres. A unidade atende atualmente 61 alunos da comunidade e do bairro vizinho, Fazendinha, do 1º ao 5º Ano do Ensino Fundamental, em horário integral desde 2015, quando foi inserida no plano piloto da Secretaria Municipal de Educação para iniciar o horário integral na rede municipal.