Equipe sub-20 do Leão está suspensa da Série B2 do Carioca

0

Assim como aconteceu no ano passado, a má gestão do Leão do Sul segue a pleno vapor, e mais uma vez a equipe sub-20, que ocupa a incomoda sexta colocação do Grupo B do Campeonato Carioca de 2018, com apenas quatro pontos em cinco jogos, está suspensa da competição. É que, a exemplo do que ocorreu no ano passado, quando não quitou a taxa de arbitragem da partida contra o Sampaio Corrêa, disputada no dia 10 de junho de 2017, a direção do Leão do Sul, está em débito com a taxa de arbitragem no valor de R$ 900 referente ao transporte da arbitragem da partida contra o Bela Vista FC, disputada no dia 23 de junho deste ano, em Barra Mansa.

A punição ao Leão do Sul foi imposta no julgamento realizado na última sexta-feira, dia 13, no Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol do Estado do Rio de Janeiro (TJD-RJ), que decidiu: “determinar a imediata suspensão do Barra Mansa Futebol Clube, do Campeonato Estadual da Série B2 Sub-20, de 2018, até a efetiva regularização da pendência financeira em até 48 horas antes da próxima partida programada na tabela da competição”.

O próximo compromisso da equipe sub-20 do Leão do Sul, até então está programado para domingo, dia 22, no Campo da Associação Atlética Barbara, em Barra Mansa, contra o Esporte Clube Rio São Paulo. No entanto, caso a regularização da pendência financeira por parte da diretoria do Leão do Sul não seja quitada até quarta-feira, dia 18, a equipe do Esporte Clube Rio São Paulo fica desobrigado de ir a campo. E, diante do que determina a decisão do TJD-RJ, na tabela da competição, constará derrota para o Leão do Sul pelo placar de 3 a 0, sendo este resultado considerado para a apuração do índice técnico e do percentual de aproveitamento.

O jornal A VOZ DA CIDADE teve acesso, com exclusividade, ao e-mail enviado a direção do Barra Mansa Futebol Clube informando sobre a devolução, por insuficiência de saldos, do cheque utilizado para o pagamento da referida taxa de transporte da arbitragem. No e-mail, o Departamento de Financeiro da Federação de Futebol do Estado do Rio informa o motivo da devolução do cheque e solicita a regularização da referida pendência. E também a Resolução da Diretoria – RDI nº 047/18 – do Departamento de Competições da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro que consta a punição imposta ao Barra Mansa Futebol Clube, e que é assinada pelo Diretor do Departamento de Competições da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), Marcelo Carlos Nascimento Vianna e disponibilizada através do endereço https://goo.gl/PGoZ5d. “Considerando que o Barra Mansa F.C, até o presente momento, não honrou com o pagamento da taxa de arbitragem da partida ocorrida no dia 23/06/18 pelo Campeonato Estadual da Série B2, Sub 20, de 2018, contra o Bela Vista FC;”

A equipe do jornal A VOZ DA CIDADE, mesmo durante o último fim de semana, e ainda durante todo o dia de ontem, até o fechamento desta edição tentou, sem sucesso, contato com o presidente do Barra Mansa Futebol Clube, Anderson Martins Florentino, o Andrinho, para saber a posição do clube quanto à punição imposta pelo TJD-RJ à equipe, e ainda sobre a previsão de quitação do débito.