Cantora Sanny Alves e o violonista Marlon Mouzer se apresentam em Penedo

0

ITATIAIA

A cantora e atriz carioca, Sanny Alves e o violonista Marlon Mouzer estarão se apresentando nesta sexta-feira, dia 12 e no sábado, dia 13, no palco do Jazz Village Bistrô, em Penedo. A dupla fará o show “Ela é Carioca”, com composições que falam do Rio de Janeiro e de seus compositores cariocas. As apresentações acontecem sempre às 21 horas. A classificação indicativa é livre. Ingressos podem ser reservados pelos telefones (24) 3351-1275 ou 99330-0168. O Jazz Village Bistrô, fica no Hotel Pequena Suécia, situado na Rua Toivo Suni, 33, Penedo.

Segundo a organização do evento, ao lado do violonista Marlon Mouzer, a cantora Sanny Alves apresenta o show “Ela é Carioca”, com composições que falam do Rio de Janeiro e seus compositores cariocas. “Um repertório recheado de samba e bossa nova. Tom e Vinícius, Toquinho, Chico Buarque, Dori Caymmi, Paulo César Pinheiro, Zé Keti e Geraldo Pereira fazem parte desse time que compõem o show”, informa a equipe.

SANNY ALVES

A cantora e atriz carioca, Sanny Alves envolveu-se com música desde a infância. Filha do contrabaixista Luiz Alves, que trabalhou com Milton Nascimento, Chico Buarque, Luizinho Eça e João Donato, cresceu entre músicos de renome internacional, ouvindo o melhor da música brasileira. Participou de diversas gravações fazendo coro e interpretando jingles. No CD “Saudade Demais”, de Arthur Verocai, foi destaque com seu timbre personalíssimo. Gravou no CD “Praia dos Corais” de Vasco Debritto que, encantado com seu tipo de interpretação genuinamente brasileiro, convidou-a para gravar um CD solo – “Da Cor do Pecado” -, lançado em dezembro de 2003 no Japão, pela Koala Records, com a participação de Nelson Faria, Robertinho Silva, Luiz Alves e Arthur Verocai. Como integrante da Companhia Ensaio Aberto, trabalhou nos musicais “Missa dos Quilombos”, com música de Milton Nascimento e “Havana Café”, indicado ao prêmio Shell de Teatro do Rio de Janeiro. Em 2008 participa do musical “Divina Elizeth” no Teatro Ginástico (SESC) e, ao lado do cantor e compositor Nei Lopes, dos espetáculos “Samba na Caixa, Dinheiro no Samba” e “A Vez do Morro”, nos Teatros da Caixa Cultural, em Brasília e no Rio de Janeiro. Em 2009 assina contrato com a Gravadora e Produtora Fina Flor e estreia com participação especial no CD “Chutando o Balde” de Nei Lopes, dividindo a faixa “Deusas e Devassas”. No mesmo ano grava seu primeiro CD solo para o mercado brasileiro “Samba e Amor”, com produção e arranjos do maestro Ruy Quaresma, lançado em outubro de 2009.

30Com o violonista Marlon Mouzer show traz composições que falam do Rio de Janeiro e seus compositores -DivulgaçãoMARLON MOUZER

O compositor e instrumentista Marlon Mouzer iniciou seus estudos de violão de sete cordas aos 16 anos.

Como violonista, acompanhou artistas como Zé Keti, Nelson Sargento, Noca da Portela, Wilson Moreira, Guilherme de Brito, Ataulpho Alves Júnior, Bezerra da Silva, Riko Dorileo, Walter Alfaiate, Durval Ferreira, Marcel Baden Powell, Daniele Spielman, Gabriel Grossi, Zé Bigorna, Diogo Nogueira, Lucio Sanfilippo, Alceu Maia, Ana Costa, Dona Ivone Lara, entre outros. Também realizou gravações para jingles e sambas enredo. (Fonte: Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira).

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !