Casa de Cultura Poeta Brasil do Reis recebe a 15ª edição do Sarau InCasa

0

ANGRA DOS REIS

A Casa de Cultura Poeta Brasil do Reis, recebe amanhã a partir das 18h30min a 15ª edição do Sarau InCasa. A entrada é franca, com classificação livre, mas sujeita a lotação. A iniciativa é do Coletivo Angranse de Cantautores (CanCanta) com o apoio da Secretaria de Cultura.

Participam desta edição: Xerelete, Bruno Perez e Margareth Assad, João Lucas, Daniel Cavalcanti, Bárbara Castilho, Mari Assad, Pedro Brasileiro, Kafofo Gang, entre outros.

De acordo com a Secretária Executiva de Cultura, Marlene Ponciano, o projeto foi uma grande surpresa para a cidade. “Não imaginávamos que tínhamos tantos músicos autorais em nossa cidade, isso nos deixa contentes, por isso, incentivamos e damos apoio em suas apresentações. O projeto é de suma importância. É uma grande troca de conhecimento, além de enaltecer o nome da cidade”, destaca.

O COMEÇO

Tudo começou em abril do ano passado quando os amigos Bruno Pelego, Daniel Cavalcanti, João Lucas e Bruno Pérez se reuniram para fundar o Coletivo Angrense de Cantautores, CAnCanta.

De acordo com Bruno Pérez, a iniciativa tem o objetivo principal de promover a cena musical autoral de Angra dos Reis, identificando e convocando músicos e artistas residentes ou nascidos no município. “A partir de sua fundação o CAnCanta começou a organizar saraus mensais no salão superior da Casa de Cultura Poeta Brasil do Reis. Batizado de Sarau InCasa, o evento tem apoio da Secretaria de Cultura e Patrimônio de Angra e serve como palco para artistas independentes mostrarem suas composições”, comenta.

O músico destaca que durante uma quarta-feira por mês, o projeto propicia um ambiente de escuta e troca, onde os músicos evoluem a cada apresentação, onde novas parcerias musicais são estimuladas e o público interessado em conhecer canções autorais tem acesso a um grande número de artistas e criações.

O coletivo também realiza o Sarau do Carapau, que recebe além da música autoral, poesias e geralmente acontece em algum bar. “É um ambiente bem diferente daquele proporcionado pela Casa de Cultura e oferece outro tipo de experimentação tanto para o público quanto para os cantautores. A Ilha Grande também ganhou seu sarau, o Caiçarau, que surgiu após alguns encontros entre representantes do coletivo e músicos do Abraão, hoje o evento está indo para sua quarta edição”, informa.

Os fundadores do CAnCanta acreditam que fazer música autoral é uma forma de resistência cultural. A inexistência de espaços para a fruição da música independente acaba desestimulando a sua produção e a grande maioria dos músicos locais se vê obrigado a interpretar canções de artistas renomados para sobreviver, deixando sua produção autoral em último plano, é como se a cidade perdesse a voz. “O coletivo também acredita que a cena regional deve ser fortalecida e busca novas ações para estimular o encontro e troca entre músicos da região Sul Fluminense, um passo simbólico foi a criação da hashtag “#cenasulflu”, visando incentivar este pensamento entre os artistas e produtores culturais da nossa região”. Outro passo dado com este intuito foi possível com o edital do Fundo de Cultura Municipal de Angra dos Reis, o Festival MUDA.

MUDA

Ou Música Daqui é um festival de três dias de música autoral Sul Fluminense em Angra dos Reis. Vai acontecer nos dias 25, 26 e 27 de outubro e reunirá mais de cinquenta músicos e artistas da região. Nomes como Thiago El Niño (Volta Redonda), PC Castilho (Angra dos Reis), Samba do Abacateiro (Barra Mansa e Volta Redonda) e Coletivo Nosso Novo Som (Resende) já têm presença confirmada.

Os representante do coletivo ressaltam que existem outros movimentos em sintonia com as ações do CAnCanta, que contribuem ativamente para o enriquecimento cultural da região, como o Canção Postal, evento autoral organizado pelo duo Feito Café, a Roda do Clube do Choro Caiçara, idealizada pelos flautistas JP e Ricardo Valença, que acontece no terceiro domingo de cada mês na praça Zumbi dos Palmares em Angra, o Cabaré de Quinta organizado pelo músico Rodrigo Camará e Pela poeta Namira Ira em Penedo, o evento Musa Paradisíaca organizado pelas artesãs do Espaço Cool em Angra e o Encontro de Compositores em Volta Redonda.

 

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !