Brasileira defende direitos dos povos indígenas em Cúpula de Jovens Ativistas

0

GENEBRA

Em entrevista à ONU News, a jovem indígena disse que era “uma honra” estar ao lado das outros ativistas e conhecer suas histórias.  Para ela, foi um exemplo “muito inspirador”.

Uma mensagem que eu trago quando vou em escola, universidade, palestra, é para a gente fortalecer nossa identidade

Hamangaí Pataxó afirmou que estava no evento “para denunciar as violações que os povos indígenas no Brasil estão enfrentando”.

A jovem  já representou as suas comunidades em outros eventos internacionais. No ano passado, participou na Conferência da ONU sobre o Clima, COP24, em Katowice, na Polônia.

A jovem disse que a sua comunidade na Bahia tem mais de duas mil pessoas e ela tem um compromisso com a sua causa. A indígena afirmou que precisa “continuar a luta” que os seus antepassados começaram.

Pataxó contou que faz este trabalho “pensando não só na juventude, como também nas novas gerações”. (*Com Informações da Agência ONU News).

error: Conteúdo protegido !