Bando assalta e mata homem no bairro Conforto

0

BARRA MANSA/VOLTA REDONDA

Policiais militares prenderam um homem e apreenderam um menor por suspeita de latrocínio, ontem, em Barra Mansa.Reginaldo Rodrigues, de 52 anos, foi assassinado em casa e teve diversos pertences pessoais e eletrodomésticos levados. Os suspeitos também roubaram o carro da vítima.

Guarnição em patrulhamento nas proximidades da Rua Waldomiro Peres Gonçalves no bairro Paraíso, foi informada por populares que um veículo Chevrolet Onix de cor cinza (QNK9975) havia passado em alta velocidade, indo a colidir com um muro nesta mesma rua.

O condutor do veículo, Rafael Graziel, chamou a atenção da guarnição, pois estava com marcas aparentando ser de sangue na calça. Informações dadas por populares informaram que no interior do veículo estavam alguns eletrodomésticos e eletrônicos, e estes foram transferidos para outro veículo após o acidente.

Desta maneira foi indagado a Rafael sobre os eletrônicos que estariam no carro e este informa que apenas ajudou no transbordo. O veículo utilizado na retirada dos eletrodomésticos do Ônix seria de propriedade do ‘Marquinho borracheiro’, que este seria o condutor do veículo no momento do transbordo. De posse de tais informações, e já conhecendo o indivíduo, guarnição compareceu ao seu comércio localizado a 150 metros da colisão, onde localizou e indagou a Marquinho sobre os materiais retirados do veículo batido. Após buscas, a guarnição encontrou os aparelhos numa casa da Rua Geraldo de Paula, no mesmo bairro.

Foram apreendidos um edredom, um Ipod Branco, dois quadros de parede sem marca, dois controles de televisão, um micro-ondas Philco, uma TV led Samsung, uma TV led LG, duas chaves de veículo tipo canivete Chevrolet, um Telefone Samsung na cor branca.

Telefone toca

Ao retornar ao local do acidente um telefone toca e Rafael atende, o aparelho é de um homem identificado apenas como Reginaldo, morador do bairro conforto em Volta Redonda, e que estaria indo até a residência verificar o que estaria acontecendo e retornava à ligação. No local, a guarnição observou que havia uma toalha tampando a câmera de vigilância existente na casa, foi constatado que a residência encontrava-se toda trancada, porém através do vidro já janela da sala pode-se visualizar marcas de sangue pelas paredes no interior da casa, ato contínuo e na intenção de encontrar Reginaldo com vida, foi autorizado pelo irmão de Reginaldo o arrombamento da porta do imóvel, Reginaldo foi encontrado sem vida e amarrado em um dos quartos.

Diante disso, Rafael confessou o crime e disse que teria sido ajudado por mais dois comparsas. Rafael disse ainda que um deles seria filho da mulher onde os pertences de Reginaldo foram encontrados. A polícia levou Rafael e um dos menores para a delegacia. O terceiro suspeito do crime ainda está sendo procurado.