Retornam à Alerj deputados que estavam presos

0

ESTADO
A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) recebeu, na tarde desta quarta-feira (27/05), comunicado do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro fazendo cumprir a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de colocar no exercício dos mandatos os cinco deputados afastados. O anúncio foi feito pelo presidente da Casa, deputado André Ceciliano (PT), ao fim da sessão virtual de votação.

Ceciliano fez uma saudação aos cinco deputados suplentes, Capitão Nelson (Avante), Carlo Caiado (DEM), Paulo Bagueira (SDD), Sérgio Fernandes (PDT) e Sérgio Louback (PSC), que deixam suas cadeiras na Alerj. “Quero saudar os deputados, que foram de grande importância e contribuíram muito no período. Nós cumprimos o Regimento e a Constituição sempre”, destacou.

Com a decisão, retornam à Alerj os deputados André Corrêa, Marcos Abrahão, Luiz Martins, Chiquinho da Mangueira e Marcus Vinicius Neskau.

Empossado em abril de 2019, o deputado Carlo Caiado (DEM) falou sobre a recepção que teve ao chegar à Casa. “Decisão judicial cumpre-se. Meus sinceros agradecimentos a todos os deputados, fui recebido de portas abertas por deputados de centro, direita esquerda, todos, mesmo chegando já com alguns meses de mandato”, afirmou.

O deputado Sérgio Fernandes (PDT) também agradeceu os colegas de todos os partidos. “Cheguei nesta Casa para ter uma experiência incrível, no meu primeiro mandato e sem qualquer experiência legislativa. Tive a oportunidade de aprender e dialogar muito”.

error: Conteúdo protegido !