PM impede fuga de internos da unidade do Degase em Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA

Uma tentativa de fuga foi registrada na tarde de ontem na unidade Irmã Asunción de La Gándara Ustara, unidade do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) no bairro Roma. Os menores infratores teriam iniciado a rebelião queimando colchões. Várias viaturas da Polícia Militar foram deslocadas para o local. Um cerco foi feito em torno da unidade com a finalidade de evitar fuga.

A comandante do 28º Batalhão da Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Luciana Rodrigues de Oliveira, esteve na unidade onde coordenou a ação dos policiais. A oficial informou ao A VOZ DA CIDADE que após receber a informação da rebelião, de imediato determinou a ida de algumas viaturas para o local. “A informação era de que alguns internos colocaram fogo nos colchões, mas logo isso foi contido. Eles permaneceram o tempo todo dentro das celas com as portas fechadas e o batendo nas portas e fazendo muito barulho. A priori foi uma briga de facções”, contou a comandante, ressaltando que não teve funcionários nem internos feridos.

Ainda de acordo com a comandante, 27 policiais militares cercaram o local. “Por volta das 18 horas chegou à equipe de contenção do Degase e fez a contagem e revista dos internos. Alguns deles foram encaminhados para uma unidade no Rio de Janeiro e outros, os responsáveis pela rebelião, para a 93ª Delegacia de Polícia. Às 20 horas o 28° BPM se retirou da unidade, pois a situação no Degase já havia voltado à normalidade”, concluiu a comandante ao jornal.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !