Itatiaia atinge classificação máxima no Mapa do Turismo

0

ITATIAIA

O município de Itatiaia, na Região das Agulhas Negras, conquistou a classificação de nível A na categorização do Mapa do Turismo 2018. O Mapa é uma ferramenta do Programa de Regionalização do Turismo que orienta a atuação do Ministério do Turismo no desenvolvimento das políticas públicas para as cidades. Através do Mapa do Turismo Brasileiro, o governo federal define a área que deve ser trabalhada prioritariamente para o desenvolvimento do turismo. O trabalho é importante para acompanhar o desempenho da economia do turismo e serve como balizador de políticas do setor e direcionamento de verbas federais. A partir das variáveis de desempenho econômico, os municípios são divididos por letras, que vão de A a E. As cidades que recebem graus entre A e D têm facilidades na liberação de recursos para organizar eventos que chamem turistas.

A nova classificação foi comemorada pelo prefeito Eduardo Guedes, o Dudu (MDB), que promoveu ações voltadas ao setor de turismo a partir de 2017. Para o prefeito, a iniciativa vai fazer com que se tenha maior competitividade entre os municípios e torna a cidade de Itatiaia ainda mais evidente no cenário turístico. “Sabemos que temos muito que melhorar no nosso município, principalmente em questão de infraestrutura, mas nos enche de orgulho ser referência para destinos turísticos. A classificação traz critérios claros para orientar o uso de recursos do Ministério do Turismo. Assim, poderemos fazer isso de forma mais assertiva, otimizada. E será também importante para a implementação de políticas específicas na cidade de Itatiaia relacionada ao turismo. É também um primeiro passo para atuarmos localmente com maior eficiência para o desenvolvimento da indústria turística, já que terão sua atuação sob avaliação do Ministério do Turismo”, disse Eduardo Guedes.

Segundo a Secretaria de Turismo de Itatiaia, “a expectativa é de gerar maior fluxo de turistas para o município, novos empreendimentos e empregos. A classificação permite acesso a verbas federais e estaduais para melhorar a infraestrutura turística”.

MAPA DO TURISMO

O trabalho do Mapa do Turismo coleta dados oficiais referente aos municípios a partir de quatro variáveis: quantidade de estabelecimentos de hospedagem, quantidade de empregos em estabelecimentos de hospedagem, quantidade estimada de visitantes domésticos e quantidade estimada de visitantes internacionais. A nova categorização demonstrou que em Itatiaia o número de estabelecimentos hoteleiros cresceu de 96 para 124 conforme dado coletado pelo Ministério do Turismo a partir da Pesquisa de Serviços de Hospedagem 2016 (PSH) do Instituto Brasileiros de Geografia e Estatística (IBGE). E o número de empregos evoluiu de 524 para 752, conforme indicado pela Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do Ministério do Trabalho.

No Estado do Rio de Janeiro, além de Itatiaia, Macaé e Petrópolis também tiveram classificação A. “Petrópolis, Macaé e Itatiaia alcançaram o topo, atingindo a letra A. O turismo no interior do estado do Rio de Janeiro está se fortalecendo muito através das iniciativas municipais e da promoção realizada pela nossa Secretaria. Nosso objetivo é que o turista separe de um a dois dias de sua estadia para conhecer as cidades do interior”, disse o secretário de Estado de Turismo, Nilo Sérgio Félix.

DEMAIS MUNICÍPIOS

Alem de Itatiaia o Sul Fluminense tem Resende classificada na categoria B; Porto Real e Quatis, na categoria D. Já Barra Mansa e Volta Redonda, que integram a chamada Região do Vale do Café têm classificação C no Mapa do Turismo do governo federal.

 

MUNICÍPIO recebe atenção do governo federal pelo potencial turístico

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !