Moradores temem deslizamento de encosta e cobram solução da prefeitura

1

BARRA MANSA

Após a última chuva de sábado, 18, que atingiu o município de Barra Mansa, os moradores do bairro Boa Vista II precisaram chamar a Defesa Civil para denunciar uma contenção de encosta que está desmoronando, na Rua Miguel Gomes de Souza. No entanto, segundo os residentes, a equipe, após visitar o local, no domingo, 19, teria apenas orientado a família a ficar em alerta, com isso moradores entraram em contato com o A VOZ DA CIDADE para relatar o medo da atual circunstância, e que a resposta do órgão não tranquilizou. A prefeitura afirmou que, após a vistoria, foi gerado um registro de ocorrência, que foi encaminhado para a Secretaria Municipal de Manutenção Urbana, para que as medidas cabíveis sejam tomadas.

De acordo com os relatos, o medo dos moradores é que, caso ocorram outros temporais, a encosta deslize, causando o desabamento das casas de cima, e, consequentemente, atingindo as casas que estão em baixo. No entanto, a Defesa Civil informou que vistoriou a área e não houve necessidade de interdição, e, que conscientizou os moradores que, em caso de chuvas, fiquem atentos à encosta e havendo qualquer agravamento evacue as casas.

Segundo a moradora Cleidiane Silva de Paula, de 32 anos, a contenção foi realizada há seis anos e as chuvas que atingem o município este ano fizeram com que ela se desmanchasse pouco a pouco. “Nas outras chuvas fortes, nós percebemos que a contensão estava cedendo, chamamos a Defesa Civil e eles não vieram. Apenas nessa última chuva que eles vistoriaram”, contou, relatando que o deslizamento quebrou os canos de esgoto  das casas que estão em cima da encosta.

Segundo a nota da prefeitura, já foi solicitado ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), que refaça as ligações da rede de esgoto.

INQUÉRITO EM ABERTO

A moradora ainda contou que na primeira vez que solicitou a vistoria da Defesa Civil, eles teriam dito que não poderiam fazer nada, pois a obra estaria tramitando na Justiça. “Pelos boatos que ouvi a obra não foi feita do jeito certo”, disse, lamentando não saber dar mais detalhes sobre o assunto. “Nós não sabemos mais a quem recorrer e a orientação que eles nos deram não nos tranquiliza. Sentimos que estamos correndo perigo aqui, ainda mais com essas chuvas que estão acontecendo na cidade, queremos que algo seja feito para concertar isso”, pediu.

A Secretaria Municipal de Manutenção Urbana, em resposta, disse que houve um deslizamento de terra naquela área, em decorrência da chuva, e será preciso sinalizar o local e fazer um projeto junto à equipe da Secretaria de Planejamento Urbano, de contenção para, posteriormente, executar o serviço. A pasta ainda garantiu que não há nenhum processo judicial, mas sim um inquérito em aberto pelo Ministério Público ainda no governo anterior.

1 comentário

  1. Marcus José Batista on

    Esse muro desabou porque foi feito totalmente fora do que está no projeto,,,,Tive acesso ao projeto dessa obra e fiquei indignado com o que fizeram,,,O prefeito da época,o vereador que estava na frente da obra todos sabiam e agora os moradores ficam correndo riscos ,