Mais de 70 atletas participaram do I Campeonato Maximun Fight de MMA em Resende

0

RESENDE

O I Campeonato Maximun Fight de Artes Marciais Mistas (MMA) foi um sucesso no final de semana. Mais de 70 atletas de todo o país subiram no octógono para disputar o desafio de lutas amadoras e profissionais nas modalidades de Boxe, Muay Thai, Jiu-Jitsu e MMA. A competição, que é presidida por Cléber Nunes, Gurudas Cueva e Márcio Shark, aconteceu no ultimo sábado, dia 6, no ginásio do Colégio Santa Ângela, localizado no Centro Histórico da cidade. O evento foi transmitido ao vivo pela TV Penedo.

Jorginho Lasnor ganhou o cinturão de ouro na disputa contra David Magliano após aplicar uma guilhotinha-Divulgação

Para Cléber Nunes, a primeira edição do Campeonato Maximun Fight de MMA superou as expectativas e consolidou o torneio na região Sul Fluminense. “O primeiro campeonato superou todas as novas expectativas. O público lotou o ginásio do Colégio Santa Ângela para assistir as lutas e acompanhar os atletas de renome no evento, um deles o Warlley Alves, atleta do UFC, que elogiou muito a estrutura montada para receber os atletas e a locução oficial do campeonato ficou a cargo do Hugo Wolverine, ex-TUF Brasil e UFC. Enfim, conseguimos divulgar e ajudar a difundir o esporte das Artes Marciais Mistas, além de descobrir novos atletas”, disse Cléber Nunes, um dos organizadores do evento, agradecendo o apoio do vereador Pedro Paulo Narciso, o Paulinho do Futsal. Nunes, também confirmou o segundo campeonato para 2023. “A segunda edição do Maximun Fight MMA tem data marcada, será em abril na cidade a ser definida. Nossa certeza é que o Campeonato será no Sul do Estado do Rio”, complementou.

LUTAS EM DESTAQUE

Duas lutas tiveram destaque durante o desafio. A disputa feminina no MMA Amador, entre Giovanna Sardinha, de Resende e Maria Vaz, de São Paulo. A luta durou 2min07seg e terminou quando o árbitro Allan Neves deu vitória para Giovanna por nocaute técnico.

A disputa do cinturão pelo MMA Profissional entre David Magliano, de Volta Redonda e Jorginho Lasnor, de Valença também levou o público ao delírio. O desafio terminou aos 4min15seg, quando o árbitro Flávio Almendra deu a vitória, no segundo round, para Jorginho Lasnor por ter dado uma guilhotina no adversário.