Halloween aquece as vendas no comércio de Barra Mansa

0

BARRA MANSA

No próximo dia 31 será celebrado o Halloween, ou Dia das Bruxas. A data  é conhecida mundialmente como um feriado comemorado principalmente nos Estados Unidos. Mas hoje em dia tem sido lembrado em diversos outros países do mundo, inclusive o Brasil, onde hábitos como o de ir de porta em porta atrás de doces, enfeitar as casas com adereços ‘assustadores’ e participar de festas a fantasia, vêm se tornando mais comuns.

Já que o assunto é comemorar, o comércio local está em festa com a grande procura de itens alusivos à data. São chapéus, abóboras, bruxas, fantasmas, aranhas, entre outros itens que fazem sucesso entre a garotada e deixam felizes os lojistas, como é o caso do gerente de uma loja especializada em doces, Milton Cesar Costa Soares.

De acordo com ele, quem ainda está planejando uma festa dessas é melhor correr. “Provavelmente nosso estoque zere nesta semana. A procura foi surpreendente, dobrando as vendas do ano passado, estamos há 20 dias com um ritmo bom, e, considerando que a data já é na próxima semana, as vendas tendem a aumentar ainda mais”, avalia Milton, informando que os itens mais vendidos são baldinhos de abóbora, caveirinhas, morcegos, chapéus de bruxas, teias de aranha, tolhas de mesa nas cores preta, roxa e laranja, e utensílios nessas cores, além de doces.

O gerente destaca a volta as aulas foi fundamental para o sucesso de vendas.  “Notamos que quem mais procura são os cursos de inglês que promovem e decoram suas escolas, e os alunos de instituições diversas. Além disso, a população está carente de festa, a vontade de se reunir com amigos e familiares aflorou essa comemoração, então, muita gente, tem feito esse tipo de festa em casa mesmo. Não é da nossa cultura, mas é um motivo para festeja”, comenta.

Proprietária de uma loja especializada em fantasias, Iolanda Calheiros Justos, destaca que a flexibilização do distanciamento social e a volta as aulas presenciais possibilitada pela vacinação contra a Covid-19, foram uns dos motivos de sucesso para o Halloween. “A procura está frenética. Depois de tanto tempo com pânico, tristeza, crises financeiras e incertezas, voltamos a comemorar. São alunos de todos os colégios e de diferentes faixas etárias, tem também muito adulto festejado em casa mesmo. Eu cheguei a pensar que nunca mais fosse alugar uma fantasia e acabei de voltar de São Paulo com máscaras temáticas devido à alta procura”, descreve, acrescentando que trajes que lembram bruxas, esqueletos, monstros, múmias, zumbis são os que mais tem sido procurados.