Câmara de Vereadores de Piraí tem confirmação de execução do projeto de concessão da Dutra  

0

PIRAÍ

Depois de anos em discussão, uma antiga reivindicação de vereadores e moradores de bairros próximos à via Dutra (BR-116) poderá em breve sair do papel. Trata-se do projeto de concessão para a instalação de seis passarelas de pedestres e a construção de um viaduto em diferentes trechos que cortam o município. Na terça-feira, dia 20, a direção da Câmara de Vereadores de Piraí recebeu ofício da Empresa de Planejamento e Logística (EPL) confirmando.

Segundo o órgão vinculado ao Ministério da Infraestrutura, o investimento na segurança de usuários e pedestres será incluído no novo contrato de concessão da rodovia, que valerá para os próximos 30 anos, a partir de 2021. Os trechos contemplados foram sugeridos para os editais por indicações aprovadas no plenário da Câmara de Vereadores Piraí e sugeridos em audiência pública.

PONTOS PREVISTOS PARA O INVESTIMENTO

Após análises técnicas, socioeconômicas e financeiras realizadas pela equipe da EPL foram definidos os pontos previstos para o futuro investimento privado. São eles: Cacaria (km 215), Caiçara (kms 228 e 227 – em frente à Polícia Rodoviária Federal), Carta Fabril (km 248) e Posto Nacional (km 237). No km 246 do bairro Varjão, o projeto estabelece a construção de um viaduto com passarela.

No documento, assinado pelo diretor presidente da EPL, Arthur Luis Pinho de Lima, não foi informado o prazo para o início das obras. “Os referidos estudos não foram finalizados, mas encontram-se na fase de envio ao órgão de Controle Externo, para análise, nos termos da legislação aplicável”, destacou Arthur, por meio do ofício 266/2020.

ESTUDOS E DEBATES

Há anos, estudos e debates sobre a necessidade de promover melhorias da mobilidade urbana, facilitando o deslocamento dos cidadãos, pautam as sessões da Câmara de Vereadores de Piraí. Exemplo da ampla discussão é que em julho do ano passado, o presidente da Casa, vereador Alex Joaquim (PL), convocou audiência pública, com a participação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Polícia Rodoviária Federal e CCR NovaDutra.

Durante a audiência, na ocasião, que teve duração de cerca de três horas, parlamentares e representantes da sociedade civil, associações de moradores e prefeitura apresentaram suas principais demandas quanto ao assunto. Posteriormente, em reuniões agendas em Brasília, Alex Joaquim e outros vereadores buscaram apoio junto à Câmara dos Deputados e órgãos do Governo Federal, na tentativa de viabilizar a inclusão no novo edital de licitação da via Dutra.

O vereador Alex Joaquim lembrou que diversas indicações e requerimentos foram aprovados em plenário solicitando melhorias nas condições de segurança da via Dutra. Destacou ainda que já estava na hora de os órgãos competentes acolherem os anseios da população.