Câmara de Vereadores de Piraí tem confirmação de execução do projeto de concessão da Dutra  

0

PIRAÍ

Depois de anos em discussão, uma antiga reivindicação de vereadores e moradores de bairros próximos à via Dutra (BR-116) poderá em breve sair do papel. Trata-se do projeto de concessão para a instalação de seis passarelas de pedestres e a construção de um viaduto em diferentes trechos que cortam o município. Na terça-feira, dia 20, a direção da Câmara de Vereadores de Piraí recebeu ofício da Empresa de Planejamento e Logística (EPL) confirmando.

Segundo o órgão vinculado ao Ministério da Infraestrutura, o investimento na segurança de usuários e pedestres será incluído no novo contrato de concessão da rodovia, que valerá para os próximos 30 anos, a partir de 2021. Os trechos contemplados foram sugeridos para os editais por indicações aprovadas no plenário da Câmara de Vereadores Piraí e sugeridos em audiência pública.

PONTOS PREVISTOS PARA O INVESTIMENTO

Após análises técnicas, socioeconômicas e financeiras realizadas pela equipe da EPL foram definidos os pontos previstos para o futuro investimento privado. São eles: Cacaria (km 215), Caiçara (kms 228 e 227 – em frente à Polícia Rodoviária Federal), Carta Fabril (km 248) e Posto Nacional (km 237). No km 246 do bairro Varjão, o projeto estabelece a construção de um viaduto com passarela.

No documento, assinado pelo diretor presidente da EPL, Arthur Luis Pinho de Lima, não foi informado o prazo para o início das obras. “Os referidos estudos não foram finalizados, mas encontram-se na fase de envio ao órgão de Controle Externo, para análise, nos termos da legislação aplicável”, destacou Arthur, por meio do ofício 266/2020.

ESTUDOS E DEBATES

Há anos, estudos e debates sobre a necessidade de promover melhorias da mobilidade urbana, facilitando o deslocamento dos cidadãos, pautam as sessões da Câmara de Vereadores de Piraí. Exemplo da ampla discussão é que em julho do ano passado, o presidente da Casa, vereador Alex Joaquim (PL), convocou audiência pública, com a participação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Polícia Rodoviária Federal e CCR NovaDutra.

Durante a audiência, na ocasião, que teve duração de cerca de três horas, parlamentares e representantes da sociedade civil, associações de moradores e prefeitura apresentaram suas principais demandas quanto ao assunto. Posteriormente, em reuniões agendas em Brasília, Alex Joaquim e outros vereadores buscaram apoio junto à Câmara dos Deputados e órgãos do Governo Federal, na tentativa de viabilizar a inclusão no novo edital de licitação da via Dutra.

O vereador Alex Joaquim lembrou que diversas indicações e requerimentos foram aprovados em plenário solicitando melhorias nas condições de segurança da via Dutra. Destacou ainda que já estava na hora de os órgãos competentes acolherem os anseios da população.

 

 

 

error: Conteúdo protegido !