Bancos orientam clientes para controle da pandemia do coronavírus

0

SUL FLUMINENSE

Como adiantado nesta quarta-feira, dia 18, pelo A VOZ DA CIDADE, as agências bancárias tem adotado novos procedimentos para coibir a concentração de clientes em ambiente fechado e, assim, limitam o acesso aos serviços em atendimento presencial ou nos terminais de autoatendimento.

Em Resende, como na maioria das cidades do Sul Fluminense, bancos como Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, que integra a relação das cinco principais instituições bancárias do país, segundo a Febraban, indicam na fachada as normas para este período de 15 dias de combate ao coronavírus.

Segundo a Febraban, neste período de ação coletiva contra o vírus, cada instituição bancária adota procedimentos adequados evitando riscos a colaboradores e clientes. Tem sido comum, por exemplo, o número limitado de clientes em filas para atendimento. A agência da Caixa situada na Avenida Albino de Almeida, em Campos Elíseos, adota a entrada controlada de clientes: 10 por vez ao interior da agência.

Os bancos inserem cartazes na entrada das agências

O cartaz informa que são cinco clientes para tratar de assuntos com a gerência e cinco para os caixas de atendimento. Já o terminal de autoatendimento está limitado a um cliente por vez. Pela manhã, clientes aguardavam a abertura do expediente, pra seguir as orientações. “Pode demorar um pouco mais, mas se for para o nosso bem, eu concordo. O ideal era ampliar o total de atendentes e tudo ser mais ágil lá dentro”, argumenta o aposentado Carlos Maciel.

Ainda em Campos Elíseos, a agência do Banco do Brasil na Avenida Albino de Almeida também orienta os clientes sobre as novas normas de atendimento durante o período de combate à pandemia do coronavírus. No local, também são orientados a ingressar o limite de 10 clientes por vez, evitando aglomerações. “É chato, mas importante. Em casa eu tenho seguido as orientações de utilizar álcool gel, manter tudo limpo e longe do vírus. Como os bancos utilizam ar-condicionado e também recebem muitos idosos, é bacana saber que há uma preocupação contra ter muita gente junta lá dentro”, comenta a secretária Patrícia Nascimento.

ATENDIMENTO DIGITAL

Outra medida de prevenção ao contágio e disseminação do coronavírus é que os correntistas utilizem os canais digitais de atendimento das agências bancárias. A maioria das instituições adotam serviços de internet banking e call center. Para utilizar, basta fazer cadastro de senha e login diretamente nos sites, sendo possivelmente, necessária a confirmação no terminal de autoatendimento nos bancos.

Pagar contas, visualizar extratos, transferir dinheiro e outros serviços são facilitados pelos bancos. “É interessante e prático. Sendo um canal confiável, com senhas e dados criptografados, todo cliente que tem acesso a estes recursos pelo computador, smartphone, devem priorizar. Os bancos estão limitando acesso de clientes e tentando evitar aglomerações então utilizar aplicativos ou os canais pelo site do banco é aconselhável sim”, comenta o economista Fabrício Costa, lembrando que no período de pandemia o autocontrole das finanças é fundamental. “Evite utilizar recursos, reserve o que for possível. Não há necessidade de fazer a corrida aos supermercados, estocar comida, remédio, roupas. Importante é que no momento de isolamento social, pode ser mais prático ter dinheiro para uma emergência de fato do que encher a casa de produtos que não são necessários”, comenta.

error: Conteúdo protegido !