Semana de Valorização da Pessoa com Deficiência tem início em Resende e vereadora comenta lei existente

0

RESENDE

Ontem foram abertas as comemorações da Semana Municipal de Valorização da Pessoa com Deficiência. A proposta foi uma lei de autoria da vereadora Soraia Balieiro (PSB), sancionada em 2013. A parlamentar relembrou que a ação tem o objetivo de valorizar e reconhecer o potencial de cada indivíduo. Na noite de ontem a ação realizada no Espaço Z, homenageou cidadãos que lutam para promover os direitos das pessoas com deficiência. A realização é da prefeitura, através da Coordenadoria de Políticas para Pessoas com Deficiência, vinculada a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos.

A vereadora disse que tem uma ligação muito forte com a causa de portadores de necessidades especiais. Contou que tem trabalhado durante todos os seus mandatos com indicações, projetos de lei, que visem valorizar e melhorar as condições de vida das pessoas com deficiência. “Acredito que nesta Semana, vamos avançar com mais informações e também novas propostas”, comentou.

Soraia lembrou ainda que além da lei da semana municipal, é autora de outras quatro legislações sobre o mesmo foco: Lei nº. 3075/2014, que definiu o Novo Plano de Carreira e Remuneração do Magistério e dos demais profissionais da Educação Pública, com a inclusão dos cargos de Tradutor e Intérprete de Libras e Cuidador de Educandos com Necessidades Educacionais Especiais; Lei nº. 3121/2014, que Determina o provimento de alimentação escolar adequada aos alunos portadores de estado ou condição de saúde específica; Lei nº. 3153/2014, que tornou obrigatória a disponibilização de mobiliário adequado para alunos com mobilidade reduzida em estabelecimentos de ensino da rede municipal; e Lei nº. 3168/2015, que criou a Semana Municipal da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla a ser comemorada de 21 a 28 de agosto anualmente.

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA MUNICIPAL

A programação da Semana Municipal de Valorização da Pessoa com Deficiência, desenvolvidas com o apoio do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência e das Secretarias de Educação, Assistência Social e Direitos Humanos e Saúde, é a vasta e conta também com: Fórum Empregabilidade, dia 22, das 9 às 14 horas, no Espaço Z; Encontro dos Responsáveis/Roda de Conversa, dia 22, das às 14 às 16 horas, na Casa da Amizade; Manhã recreativa com as PCDs e seus responsáveis, show de talentos e outras atividades, dia 23, das 9 às 11 horas, no Parque Tobogã; Domingo no Parque Inclusivo, dia 25, das 9 às 12 horas, no Parque das Águas. E ainda, atividades no CEDEVIR, CEMEAR, Gente Eficiente, Escola Bilingue Rompendo o Silêncio e CEDEAR, e Associação Pestalozzi.

A principal atividade da programação será o II Seminário de Educação Especial e Inclusiva de Resende, que será promovido nos dias 29 e 30 de agosto, na Associação Educacional Dom Bosco (AEDB), com o tema “Políticas, práticas pedagógicas especializadas e acessibilidade ao currículo escolar”. No dia 29, quinta-feira, às 13h30min, o seminário terá a abertura cultural. Às 14 horas, haverá palestra temática sobre “Políticas Públicas e a Educação Especial Inclusiva”. A partir de 16 horas, serão desenvolvidas oficinas relacionadas às práticas pedagógicas especializadas. Às 18 horas, terá outra abertura cultural. Já por volta de 18h30, será iniciada a palestra sobre “Acessibilidade ao Currículo e o Papel Mediador”.

No dia 30, sexta, a abertura cultural será às 8h30min. Às 9 horas, será ministrada palestra com o tema “Políticas Públicas e Adaptações Curriculares”. Às 10h30min, terá um momento para relatos de experiências. Às 13h30min, terá nova abertura cultural. Às 14 horas, começará a explanação sobre “Acessibilidade ao Currículo e o Olhar sobre as Potencialidades”.

 

22

error: Conteúdo protegido !