Prefeito de Itatiaia participa de reunião com pastores e líderes evangélicos

0

Pastores e líderes evangélicos de várias igrejas do município participaram na sexta-feira, dia 15, de uma reunião com o prefeito Eduardo Guedes, o Dudu e com o vice-prefeito, Sebastião Mantovani. O encontro, que aconteceu na prefeitura, contou com a presença do Conselho de Ministros e Pastores de Itatiaia (Compai) e membros da Assembleia de Deus Madureira, Redenção Semeando Vidas, Evangelho Quadrangular, Missionária Nova Vida em Cristo, Discipulando Vidas, Comunidade Evangélica Jardim Itatiaia e o Projeto Desafio Jovem Mão do Anjo.

Durante o encontro, o prefeito agradeceu a presença de todos e conversou sobre os principais serviços realizados na cidade. A pedido dos participantes, Eduardo Guedes esclareceu as principais dúvidas sobre obras e ações realizadas nas mais diversas áreas. “Prezamos sempre pela transparência e queremos que todos saibam todos os trabalhos que vem sendo feito nos últimos meses. Os pontos de vista e a opinião de todos são muito importante no direcionamento do nosso trabalho, por isso sugestões são sempre bem vidas. Reforço que é de grande importância à contribuição de todos”, comentou o prefeito.

O presidente do Compai, Alexandre Brito, falou da importância da contribuição de todos para que boas ações possam ser realizadas em benefício da população. “Nosso objetivo é contribuir sempre com a melhoria da nossa cidade.  Estamos sempre buscando informações sobre o trabalho que a prefeitura vem fazendo para repassarmos, para orarmos e ajudarmos também.  É nossa missão também como moradores informar os nossos irmãos, por isso estamos sempre atentos”, disse Brito, esclarecendo também  que atualmente Itatiaia conta com mais de oito mil evangélicos e 82 igrejas, somente na  área central da cidade.

No encontro foi debatido sobre dia que será dedicada a programação ao público evangélico na festa do aniversário da cidade, a realização de um evento gospel (Expogospel)  no decorrer do ano  e também as celebrações do Dia da Bíblia.

Junto com os participantes também foram definidos os próximos encontros, ficando estipulada a primeira sexta-feira de cada mês.