Papo com Noel

0

Noel e o Hospital de Emergência: mais presente do que nunca!

Muitas pessoas me criticam quando lembro coisas do passado, mas posso compreender. Aliás, antes de mim, alguém já disse: “afinal, somos aquilo que pensamos, amamos, realizamos”. E eu acrescentaria: somos aquilo que lembramos.

Por isso posso entender a crítica daqueles que consideram as lembranças um entrave para o presente, mas meus 78 anos me deram mais que as lembranças: me trouxeram um pouco de teimosia e ausência de medo. Dizem que não são coisas boas, mas quem falou que eu pretendia ser perfeito?

A teimosia de relembrar o passado é  porque sempre tentei fazer o melhor possível. Talvez não tenha sido suficiente, mas tentei. E como não lembrar daquela ideia, que lá no início da década de 90 quando fui prefeito pela segunda vez em Resende, deu um fruto que até hoje garante atendimento aos munícipes?

Não foi fácil conseguir o apoio da Xerox para construir esse hospital. Fui algumas vezes à Brasília, mostrei a importância do investimento, comprei brigas até que doutor Henrique Sérgio Gregori, presidente da Xerox no Brasil, algum tempo depois, aceitou junto comigo o desafio de construir um hospital para Resende. Lançamos a pedra fundamental daquele que viria a ser um dos hospitais de emergência referência da região do Médio Paraíba. Sonha que se sonha planejando vira realidade.

Foto: Divulgação

Lembro com um tremendo orgulho, sem falsa modéstia, mas naquele momento também não faltaram críticos que não conseguiam enxergar a importância de um hospital daquele tamanho para a cidade. E um hospital porta aberta, de emergência. Tínhamos apenas a Santa Casa e era perceptível que com as perspectivas que traçamos para Resende e o crescimento do município às margens da Rodovia Presidente Dutra necessitaríamos de um hospital de grande porte.

Foto: Divulgação

Resende contava com pouco mais de 90 mil habitantes. E, hoje, quando lembro e lembro com orgulho, repito, sou ultrapassado para alguns, mas tenho certeza que o momento que estamos passando confirma que fizemos a coisa certa. Aceito as críticas e com minha teimosia de sempre digo que continuo sonhando grande e continuarei sempre relembrando estes sonhos que se tornaram realidade.

Foto: Divulgação

Construir o Hospital de Emergência, que foi inaugurado em 1994 pelo meu amigo e prefeito na época, Augusto Leivas, só me traz boas recordações então porque não lembrar. Hoje, com esta pandemia que nos assusta, fica evidente que não foi uma obra do passado do Noel de Carvalho, como muitos se referem. Foi uma obra de presente e de futuro. E não é do Noel de Carvalho. É do povo de Resende e de quem precisar de atendimento.

 

Noel de Carvalho
Deputado estadual do Rio de Janeiro
E-mail: [email protected]
Instagram: @noeldecarvalhooficial

error: Conteúdo protegido !