PM apreende 1,4 mil pinos de cocaína no Jardim Alegria e mais de mil pinos da mesma droga no Jardim do Sol

0

RESENDE

Um menor de 15 anos foi apreendido na tarde de terça-feira, dia 1°, após troca de tiros entre os agentes do 37° Batalhão da Polícia Militar (BPM) e criminosos no Jardim Alegria, em Resende. Farto material foi apreendido na ocasião.
Segundo informações da PM, os militares foram ao bairro após informações de que traficantes estariam se preparando para enterrar uma grande carga de entorpecentes. Chegando na Rua I, os policiais foram recebidos a tiros, sendo necessário revidar a agressão. Após controle da situação e buscas na área, um menor foi encontrado e próximo a ele, segundo a PM, foram encontrados 1.420 pinos de cocaína (1,4 quilo), dois tabletes de maconha (3,2 quilos), 20 peças de crack (0,3 gramas), farto material para endolação e três balanças de precisão. Segundo a PM, questionado, ele comentou que trabalha como a função de ‘olheiro’ do tráfico. Quatro criminosos que foram avistados pela PM trocando tiros com a equipe conseguiram escapar.
Diante dos fatos, ele foi encaminhado para a 89ª Delegacia de Polícia (DP) com o material apreendido para as medidas necessárias, sendo ouvido e liberado.

A Polícia Militar apreendeu outra grande carga de drogas no mesmo dia, no Jardim do Sol – Divulgação

MAIS DE MIL PINOS EM OUTRA OCORRÊNCIA

Ainda na terça-feira, na parte da noite, os agentes do 37° BPM fizeram uma grande apreensão de drogas no Jardim do Sol. O fato aconteceu por volta das 19h30min.

Segundo a Polícia Militar, os agentes foram informados de que dois elementos buscariam uma carga de drogas a serem revendidas no bairro Fazenda da Barra I. Os dois rapazes, de 22 e 26 anos, foram localizados na Estrada da Granja, na companhia de um outro jovem, de 21 anos. Nada de ilícito foi encontrado com eles, mas, questionados, disseram a equipe que havia material do tráfico na casa do último rapaz citado. Nos fundos de sua residência, foram apreendidos 1.049 invólucros de cocaína, um total de 826 gramas.

Diante dos fatos, os três foram encaminhados para a sede da Polícia civil, onde foram autuados nos artigos 33 e 35 da lei 11.343/06, permanecendo todos presos.

error: Conteúdo protegido !