Furtos e vandalismo prejudicam sistema de abastecimento de água na Região das Barras, em Resende

0

RESENDE 

A concessionária Águas das Agulhas Negras, empresa responsável pelos serviços de saneamento básico de Resende, informou na segunda-feira, dia 13, que tem se deparado com situações de furtos e vandalismo no sistema de captação da Estação de Tratamento de Água Fazenda da Barra, unidade responsável pelo abastecimento de 16 bairros na Região das Barras. No período da manhã, a estação foi alvo de um novo furto.

O superintendente da empresa Gabriel Roberti, informou o furto. “Infelizmente a unidade da Fazenda da Barra tem sido alvo de invasores desde 2018. As câmeras de segurança não inibem os atos de furto e vandalismo que ocorrem sempre no avançar da madrugada”, contou o superintendente.

A Estação de Tratamento de Água Fazenda da Barra abastece os bairros Campo Belo, Fazenda da Barra, Nossa Senhora de Fátima, Parque embaixador, Isaac Politi, Jardim do Sol, Jardim Esperança, Maria Cândida, Morada da Barra, Residencial Morada da Barra I, II e III, Residencial Tulipas, Residencial Gardênia, Parque Minas Gerais e Vila Nova Morada.

Em 2019, o roubo de cabos e a depredação do painel elétrico da estação aconteceu 10 vezes, circunstância que deixou milhares de pessoas sem abastecimento de água até que a empresa reponha o material furtado.

A empresa já precisou recolocar mais de mil metros de cabos elétricos desde que a Estação de Tratamento de Água passou a ser atingida. A cada furto, o abastecimento na região fica prejudicado por cerca de 10 horas.

“Nós lamentamos que isso esteja ocorrendo com frequência. Já acionamos a Polícia Militar de Resende, com o registro das ocorrências e tomamos todas as medidas para que a população não fique sem receber água”, disse Roberti.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !