Deputado visita a região e anuncia emendas para saúde, educação e desenvolvimento

0

BARRA

O deputado federal Jorge Braz (PRB-RJ) começou hoje uma visita na região Sul Fluminense que se estenderá até a próxima segunda-feira, 22. O parlamentar, que está sendo recebido por prefeitos, esteve hoje em Mendes e em Barra do Piraí, onde, na ocasião, informou a liberação de emendas que beneficiarão a toda população. Braz,  conhecido pela autoria da lei ‘Não Pertube’, que dispõe sobre a criação do Cadastro Nacional de Números Impedidos para Ações de Telemarketing, entre outras, estará na próxima semana em mais quatro municípios da região.

Na tarde de hoje, o A VOZ DA CIDADE conversou com exclusividade com o deputado, que qualificou como produtivo os encontros desta sexta-feira, 19. “Visitei primeiro o município de Mendes, onde anuncie ao vice-prefeito Luiz Ricardo Carvalho, e ao prefeito, Rogério Riente, uma verba de R$ 800 mil em emendas para Saúde, Educação e Desenvolvimento Regional”, contou, explicando que, em seguida, seguiu para um segundo encontro. “Logo depois, estive em Barra do Piraí, onde encontrei com o prefeito Mario Esteves. Ele também foi informado da liberação de emendas para o seu município. No total, R$ 1,9 milhão”, disse o deputado Jorge Braz, frisando que o valor também será destinado para as mesmas pastas, como do município anterior.

O parlamentar defende que a conquista das emendas visa atender os anseios da população e antecipa que na segunda-feira, estará reunido com os prefeitos de Barra Mansa (Rodrigo Drable), Volta Redonda (Samuca Silva), Resende (Diogo Balieiro) e Porto Real (Ailton Marques).

‘NÃO PERTUBE’

Começou a funcionar na terça-feira, dia 16, a lista “Não Perturbe”, da Anatel, inspirada no Projeto de Lei nº 2.369/2019, de autoria do deputado federal Jorge Braz que dispõe sobre a criação do Cadastro Nacional de Números Impedidos para Ações de Telemarketing. Agora, os consumidores que não quiserem mais receber ligações de empresas de telecomunicações (telefonia, TV e internet) poderão informar no cadastro da Anatel.

Logo que apresentou o projeto, o republicano enviou o texto para o secretário nacional de Defesa do Consumidor, Luciano Timm, que respondeu que iria orientar as empresas de telefonia a se ajustarem às regras desse projeto. Daí, surgiu a lista da Anatel “Não Perturbe”. No site naomeperturbe.com.br, a pessoa deverá informar o CPF do titular da linha e cadastrar quantas linhas tiver em seu nome para não receber chamadas de telemarketing.

Caso o projeto do deputado federal Jorge Braz virar lei, o consumidor poderá bloquear não só as ligações das empresas de telecomunicações, mas de qualquer empresa, a exemplo de bancos que vivem ligando para oferecer empréstimos.

LIGAÇÕES INDESEJADAS

Jorge Braz lembra que um estudo realizado em 2018 em toda a América Latina, por uma empresa que desenvolve soluções para o bloqueio de ligações indesejadas, mostrou que o Brasil é um dos países mais afetados pela disseminação do telemarketing. “Segundo o estudo, o brasileiro recebe, em média, 37,5 chamadas indesejadas por mês, ou seja, mais de uma por dia. Trata-se de um número superior ao dobro da média observada nos demais países latino-americanos que integram o estudo. Grande parte dessas ligações (33%) é originada pelas próprias operadoras de telefonia, que utilizam seus acessos privilegiados às bases de dados de clientes para oferecer uma infinidade de produtos e serviços aos seus usuários, muitas vezes de maneira insistente e desrespeitosa. Em seguida vêm as empresas de cobrança, com 22% do tráfego total de ligações indesejadas originadas”, disse o deputado do PRB.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !