Conselho do FGTS vai distribuir R$ 7,5 bilhões aos trabalhadores

0

BRASÍLIA

Trabalhadores terão direito a uma parte do lucro obtido pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em 2019. A distribuição foi aprovada pelo Conselho Curador do FGTS. No total, R$ 7,5 bilhões serão distribuídos de maneira proporcional ao saldo das contas e os depósitos devem ocorrer até 31 de agosto.

A arrecadação do FGTS no ano passado foi de quase R$ 129 bilhões, vindos da contribuição de um milhão de empregados domésticos e de quatro milhões de empresas.

O rendimento do depósito nas contas dos trabalhadores ficará em 4,9% ao ano, maior do que o que a caderneta de poupança proporciona atualmente. “Nós queremos mostrar especialmente para o trabalhador que não tem muito acesso ao mercado de capitais, a mercados financeiros pra aplicar os seus recursos, que manter o recurso no FGTS é uma alternativa interessante”, afirma Gustavo Alves Tillmann, diretor do Departamento de Gestão de Fundos do Ministério da Economia.

O FGTS auxilia os trabalhadores em casos de demissão, doenças graves e aposentaria. O fundo também serve para o financiamento de obras de habitação, saneamento e infraestrutura. O valor será depositado juntamente com os juros e atualização monetária obrigatórios.

error: Conteúdo protegido !