Coluna Esplanada

0

BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 1º DE MARÇO DE 2021 – Nº 3036.

Olho na vaga

O Superior Tribunal de Justiça deve abrir esta semana, em seção presencial na Corte, a corrida oficial para a vaga do próximo ministro, com a aposentadoria de Napoleão Nunes Maia Filho ocorrida no fim de 2020. A lista tríplice de desembargadores federais, formulada em votação secreta, será levada ao presidente da República, Jair Bolsonaro. Esta será a primeira escolha de ministro do Tribunal nas mãos de Bolsonaro. Ao contrário da vaga no Supremo Tribunal Federal, de livre escolha do chefe da nação em avaliação de indicados, desta vez o presidente terá de escolher um dos três a serem apresentados pelo STJ, goste ou não do perfil do juiz. Na bolsa de apostas, um nordestino, um carioca e um paulistano estão na fila.

Volta ao plenário

Os dias se passaram e sua ausência na mídia e nas decisões da Câmara cravaram no peito de Rodrigo Maia a chancela do seu retorno ao baixo clero. Ele sumiu do radar.

O otimista

Não que o País, gigante que é, não consiga. Mas o otimismo do ministro Paulo Guedes em cravar, novembro passado, PIB de 4,5% para o Brasil este ano, é um sonho distante.

Sombra

No Congresso, os aliados se calam, e alguns críticos já chamam Guedes de Paulo Mantega – em alusão ao sobrenome do ex-ministro que sempre errou a previsão do PIB.

Operação travada

Anunciada no ano passado, a compra da Linx pela Stone por R$ 6,7 bilhões está emperrada no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O órgão colhe depoimentos de empresas do segmento de pagamentos para apurar qual seria o impacto da junção entre a credenciadora de cartões e a empresa de gestão de software.

Briga

A Adyen, concorrente da Linx, está confiante de que o Cade manterá sua posição de zelar pela preservação do ambiente competitivo e vetará o negócio. Em manifestação recente, a companhia afirmou que a fusão faria com que a Stone tivesse “vantagem concorrencial indevida, arrefecendo a rivalidade…valendo-se de subsídios cruzados entre suas atividades” e “capturando clientes dos concorrentes”.

Script..

Antes da prisão, o deputado federal Daniel Silveira teve acesso aos prints de conversas de procuradores da Lava Jato sobre a investigação da família Bolsonaro. O trato entre portas era ele subir na tribuna da Câmara e esbravejar, numa terça-feira. Mas na sexta à noite, empolgado, soltou aquele vídeo desastroso e infeliz de ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal. E deu no que deu.

..engavetado

Os bolsonaristas aliados esperavam que Silveira, então, denunciasse a situação durante sua defesa, ao vivo e em vídeo, na sessão que acabou por manter sua prisão. O que ele fez? Chorou, pediu arrego, lembrou a família e… perdeu a confiança de colegas que decidiram votar pela sua manutenção na cadeia.

Alerta

Não foi divulgado. Mas muitos deputados fizeram o teste rápido no Congresso Nacional e constataram contaminação por Covid-19. São em sua maioria assintomáticos. A média, segunda uma fonte da Casa, foi de sete contaminados a cada 10 testados.

Aliás..

.. O deputado Eros Biondini pegou Covid-19. Está de resguardo, em casa, em Minas Gerais.

País das vantagens

A Justiça tem sofrido suas derrotas no âmbito do… Judiciário. O STJ decidiu que servidor condenado por improbidade não pode ter aposentadoria cassada automaticamente via decisão judicial. O ato caberá, ou não, ao administrativo do órgão a que ele representa.

Sobre grão$

O juiz Márcio Alexandre da Silva, da 2ª Vara do Trabalho de Dourados (MS), suspendeu execução trabalhista de R$ 25 milhões movida pelo empresário Marcos César de Moraes contra a produtora de grãos Terra Santa Agro. O caso foi parar no CNJ, que dará uma posição sobre a denúncia da empresa de que Moraes tentou transformar um contrato comercial em cláusula trabalhista.

ESPLANADEIRA

# Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação está com inscrições abertas para o Agile Days. # O Postalis completou 40 anos, com 134 mil servidores dos Correios associados, sendo o 14º maior fundo de previdência do Brasil. # O COPPEAD/UFRJ realizará 100% online o III Fórum de Transparência & Sustentabilidade em Negócios, de 3 a 5 de março. #  ABSOLAR aponta que 75 mil consumidores em 98% dos municípios paulistas já contam com energia solar em residências e empresas.

©®  2011 – 2021. Coluna Esplanada – Todos os direitos reservados.

LEMA Comunicação
Coluna Esplanada ®©
AC CLDF Caixa Postal 8002 – CEP 70094-970– Brasília-DF
(61)  999993339 / 998553339 / 993170874

error: Conteúdo protegido !