Ciep 403 do bairro Açude completa 24 anos atendendo a população

0

Para a comunidade do Açude e adjacentes, em Volta Redonda, esta quarta-feira, 22, foi dia de comemoração. É que, de acordo com os membros da Associação de Moradores do bairro, o Ciep 403 – Professora Maria de Lourdes Giovanetti comemorou 24 anos de pleno funcionamento. Para a comunidade local, além do aniversário da unidade educacional, foi comemorado também o total afastamento da possibilidade do fechamento da escola.
Segundo lembrou o presidente da Associação de Moradores, Alan Cunha,
o Ciep 403, que é o maior patrimônio histórico e público do bairro Açude, correu grande risco de fechar. O líder comunitário relatou ainda que, quando já estava tudo pronto para que a unidade deixasse de atender a população, a luta da comunidade e de outros parceiros deixou essa possibilidade mais distante. Por isso, segundo Alan Cunha, a data merece uma ampla comemoração.
De acordo com o presidente da Associação de Moradores, além do Ensino Médio e Núcleo de Educação a Jovens e Adultos (NEJA), pela Secretaria Estadual de Educação, a unidade oferece alguns cursos comunitários à população, como o de pintura de imobiliária, e ainda abriga temporariamente a sede da Associação de Moradores. Alan lembrou ainda que, para 2018 estão previstos novos cursos, entre eles o de teoria musical com aulas de sopro e percussão, aula de dança de rua, capoeira e outros através da associação em parceria com Poder Público, comunidade e comércio.
O líder comunitário explicou também que, depois de grandes chances de fechamento, a unidade escolar, que tem história no bairro, vai continuar atendendo a população. Relatou que já encaminhou ofício ao Ministério Público prestando contas sobre o que está sendo e vai ser realizado na escola. “Entendemos que o Ciep é um espaço que não pode ser fechado. Trata-se da única escola de Ensino Fundamental e supletivo para atende cerca de 16 mil moradores. Por isso, estamos buscando com a Defensoria Pública e OAB-VR a possibilidade da abertura de matriculas para novas turmas para 2018. Hoje não há possibilidade de fechar e junto com a comunidade, estaremos cuidando do espaço”, destacou, lembrando que a unidade conta com110 alunos matriculados, mas com capacidade de atender mais de mil estudantes.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !