Cento e vinte e sete denúncias foram feitas em Angra no mês de fevereiro

0

ANGRA DOS REIS

O Disque Denúncia informou que neste mês de fevereiro registrou 127 ligações anônimas de moradores apontando crimes no município de Angra dos Reis: a maioria de comércio ilegal de entorpecentes.

Os tipos de assuntos mais denunciados foram: tráfico de drogas com 53 denúncias, ou seja 41,73% das informações, seguido de maus tratos contra animais e Covid-19 com nove denúncias, cada (7,09%), desmatamento florestal com oito, construção irregular (seis denúncias) e extração irregular das árvores com cinco informações.

Das 127 denúncias recebidas, 57 delas foram feitas pelo aplicativo Disque Denúncia e 70 pelo telefone 0300 253-1177.

Os bairros que tiveram mais denúncias foram Centro, Parque Belém, Areal, Parque Mambucaba, Japuíba e Monsuaba.

Uma das denúncias destacadas pela equipe foi a apreensão de uma réplica de fuzil AR 15, uma réplica de pistola, um silenciador de pistola, duas munições, cinco rádios transmissores, três bases para recarregar os rádios, um carregador de pistola, uma balança de precisão e um caderno de contabilidade do tráfico. O flagrante ocorreu no dia 22, no Parque Mambucaba.

Você pode contribuir com o trabalho da polícia, denunciando localização de bandidos, esconderijo de armas e drogas e outras atividades criminosas ao Disque Denúncia Angra, através do telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ”. Em todos os canais, o anonimato é garantido ao denunciante.

error: Conteúdo protegido !