Apenas em 15 dias projeto já realiza quase 800 cirurgias de catarata em Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA

Apenas na primeira quinzena deste ano mais de 782 cirurgias de catarata foram realizadas na cidade através do Revi-VER. O projeto já é realizado desde julho do ano passado, quando foi criado, e já promoveu 5.070 cirurgias. A fila na cidade para o procedimento era de cerca de quatro mil pessoas, e o projeto já zerou a demanda.

Outros 420 exames pré-operatórios já foram disponibilizados entre os dias 10 e 17 deste mês, além de 820 pós-operatórios para os pacientes que passaram por cirurgia nos últimos 30 dias.

Novos procedimentos serão realizados a partir do dia 21 de fevereiro, quando o projeto retornará. A previsão é que no próximo mês, sejam ofertadas 555 cirurgias, 400 revisões pós-operatórias, para os pacientes que fizeram a cirurgia de catarata há 30 dias.

Para realizar os atendimentos e procedimentos, a empresa contratada utiliza um centro cirúrgico oftalmológico móvel, que fica estacionado na Ilha São João. No local, são promovidos os atendimentos, incluindo os exames pré-operatórios, seguindo as medidas de prevenção à Covid-19 e as normas de higiene e segurança estabelecidas pela Vigilância Sanitária.

Por meio do projeto ‘Revi-VER’, os pacientes são acompanhados em todas as etapas: exames pré-operatórios, cirurgia e pós-cirúrgico. A cirurgia de catarata é um procedimento considerado simples para trocar o cristalino, embaçado pela catarata, por uma lente artificial. Em média, a intervenção dura entre dez e 20 minutos.