Ministro do Turismo visita Angra e incentiva a capacitação turística

0

ANGRA DOS REIS

No segundo dia de trabalho da missão técnica capitaneada pelo Ministério do Turismo em Angra dos Reis, representantes da prefeitura e dos governos federal e estadual trabalham de forma integrada para finalizar o plano de ação que vai potencializar o turismo na região. O conjunto de iniciativas será apresentado pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, para o presidente Jair Bolsonaro na próxima reunião ministerial, agendada para terça-feira, dia 13.

Entre as ações previstas estão a duplicação da BR 101, no trecho de acesso ao município, a construção de um complexo turístico na Marina do São Bento, reativação de trem de passageiros, usina de dessalinização de água, criação de estações de tratamento de esgoto, ampliação da pista do aeroporto e construção de um novo terminal de passageiros. Na quarta-feira, dia 7, uma coletiva entre os representantes do município, estado e governo federal, abordou as ações na cidade.

Nesta semana, comitivas das pastas estadual e federal de Turismo vieram a Angra para reuniões de planejamento com representantes locais do setor e para a detecção dos chamados ‘gargalos’, que dificultam a implementação de projetos. As ações integradas envolvem não somente as pastas de Turismo e Meio Ambiente das esferas federal, estadual e municipal, mas também diversos outros setores. Foram identificadas cerca de 40 ações práticas que precisam ser desenvolvidas para inicia o potencial turístico local. Essas ações estão divididas entre seis eixos temáticos: infraestrutura/acesso; meio ambiente; segurança; turismo; política urbana; inovação e tecnologia.

Dentre as ações estão reformas e reestruturações do porto, aeroporto e rodovias, o que membros do ministério resumiram como infraestrutura de conectividade. Isso envolve, por exemplo, a duplicação da avenida Ayrton Senna, na entrada da cidade. Outras ações elencadas foram a qualificação profissional de mão de obra local; adaptações na legislação ambiental; reativação do Trem da Mata Atlântica; criação de uma marina no São Bento, para incentivar o turismo na área central de Angra; projetos de saneamento para todos os bairros; dentre outras.

Segundo Marcelo Moreira, diretor de infraestrutura do Ministério do Turismo, a grande marca dos dois dias de trabalho foi a construção de uma agenda de compromissos com as três esferas. “Essas ações devem requerer pouco mais de R$ 1 bilhão em investimentos, dos setores público e privado”, avaliou, que destacou também a importância desses investimentos para a geração de emprego e renda.

O assessor da secretaria estadual, Wilson Piccoli, reforçou que a continuidade e integração das ações, no Governo do Estado, será imediata. “Estamos capitaneando essas demandas e vamos levá-las para as outras secretarias trabalharem dentro das suas competências”, disse o representante do estado, citando as secretarias de Obras, Transporte, Segurança Pública e outras.

Em reunião um dia antes da coletiva, os representantes do Turismo destacaram que o plano de ação para o desenvolvimento do setor em Angra começou há alguns meses e foi intensificado em julho.

VISITA DO MINISTRO DO TURISMO

Uma comitiva formada pelo ministro interino do Turismo, Daniel Nepomuceno, o secretário de Estado de Turismo, Otávio Leite, e o secretário de Estado de Obras, Horácio Guimarães, esteve em Angra dos Reis, hoje, para avaliar uma série de medidas que devem ser implantadas para fortalecer o turismo na cidade.

Acompanhados de representantes da Prefeitura de Angra, eles fizeram um sobrevoo de helicóptero e visitaram alguns locais que necessitam de mais investimentos para que o turismo possa continuar crescendo, como o aeroporto, que precisa ser ampliado, e o bairro do São Bento, local que pode receber uma grande marina. O grupo foi conhecer também a obra de duplicação da Avenida Ayrton Senna, na Praia do Anil, a principal entrada da cidade. “Tenho certeza de que ao lado do Ministério do Turismo, unindo todos os esforços, vamos elevar cada vez mais esse patrimônio do Brasil, que é Angra dos Reis, a um sítio turístico cada vez mais qualificado. Esse é o objetivo”, destacou o secretário de Estado de Turismo, Otávio Leite, ressaltando a parceria com a prefeitura e que essa ação é uma orientação do governador Wilson Witzel.

O ministro interino do Turismo frisou que essa ação conjunta poderá potencializar o turismo de Angra dos Reis. “A pedido do presidente Jair Bolsonaro, estamos aqui em Angra há três dias levantando todos os dados, em uma ação conjunta com o Governo do Estado e a prefeitura. Estamos levantando tudo o que é necessário em termos de infraestrutura, a nossa visão turística e do meio ambiente para colocar Angra dos Reis entre os maiores destinos do mundo”, afirmou Daniel Nepomuceno.

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !