Projeto que cria espaço público para cães vira lei em Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA

Foi transformado em lei municipal o projeto de autoria do vereador Laydson Cruz (MDB) que cria na cidade  o Programa Cachorródromo – Espaço Público para Cães. Segundo o vereador, o objetivo é destinar aos animais um espaço físico próprio, fomentar a prática de hábitos saudáveis, promoção do bem-estar e a interação entre animais e seus donos.

De acordo com a lei, os cachorródromos podem ser instalados em áreas públicas ou privadas; poderão ser realizados eventos para incentivar a adoção responsável de animais; além de parcerias entre Poder Público e iniciativa privada.

A medida determina como cachorródromo uma área cercada destinada ao lazer de cachorros e seus donos, com ou sem equipamentos de recreação específicos para as atividades. E nesse espaço será permitido o trânsito de cães sem utilização de guia da coleira. Porém, delimita a entrada e permanência de animais bravos, no período do cio e portadores de moléstias infectocontagiosas.

Nesse espaço, segundo Laydson, não foi determinada a metragem, pois pode ser feito em diversos locais. “Inicialmente a prefeitura tem trabalhado em colocar o espaço na Praça Pandiá Calógeras, com interação de alguns eventos que podem acontecer mensalmente. Porém, o local ficará fixo para os animais poderem ficar ser coleira”, contou.

O vereador disse que toda a vez que elabora um projeto de lei busca conversar com a secretaria responsável e ainda com pessoas da área para discutir a viabilidade na visão do Poder Público e como a população reagirá. A respeito dessa medida do espaço para cachorros, conversou com veterinários. E ele já avisou: mais projetos voltados para a causa animal serão feitos. Alguns já estão em andamento, como o que prevê a colocação de pontos de alimentação espalhados pela cidade e a possibilidade de trazer um trailer do Governo do Estado que percorre os municípios castrando cães e gatos. “Já fiz esse requerimento pedindo o projeto em Volta Redonda. Vamos trabalhar para a vinda dessa iniciativa. Eu sou um amante da causa animal, tenho um cachorro e minha esposa e eu estamos sempre ajudando a achar casas para animais de rua, com castrações particulares. No Brasil há ainda muito o que fazer na causa animal, mas estamos avançando”, concluiu Laydson.

 

 

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !