Instituto Dagaz anuncia inscrição de cursos em Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA

No próximo dia 22 o Instituto Dagaz vai abrir a temporada de inscrições para os cursos gratuitos do programa Coletivo Jovem do Instituto Coca-Cola Brasil, no Condomínio Cultural, no Ciep 299 – Jiulio Caruso, situado na Rua Bartolomeu Bueno da Ribeira, s/nº, bairro Santo Agostinho, em Volta Redonda. Segundo a direção da unidade, as vagas são limitadas e destinadas ao público com idade entre 16 e 25 anos, entre eles aqueles que buscam capacitação profissional para conquistar oportunidade no mercado de trabalho.
Interessados poderão optar entre as modalidades Marketing e Vendas, Comunicação e Tecnologia ou Produção de Eventos.

O horário de atendimento para as matrículas, será das 9 horas ao meio-dia e das 14 às 17 horas. É preciso apresentar RG, CPF e comprovante de residência, além do título de eleitor e carteira de trabalho. As aulas terão inicio no dia 4 de fevereiro, data em que as inscrições se encerram.As aulas acontecem duas vezes por semana com duração de dois meses, totalizando 32 horas de curso com certificado que comprova a capacitação. Ao entrarem no Coletivo Jovem, os alunos elaboram seus planos de vida e aprofundam os conhecimentos sobre o mundo do trabalho.

OPORTUNIDADES

A capacitação é o caminho para conseguir uma vaga no mercado de trabalho, segundo explica a diretora executiva do Instituto Dagaz, Marinêz Fernandes. “Buscamos também atrair os jovens em semiliberdade do Centro de Recursos Integrados de Atendimento ao Adolescente (Criaad), unidade do Novo Degase de Volta Redonda, onde levamos diversas atividades. Acreditamos na educação, na cultura e no esporte como ferramentas de direcionamento e resgate desses jovens”, explica.

As aulas serão ministradas pelo educador social Pablo Souza, responsável por mediar a aprendizagem das turmas. Ele é ex-aluno do projeto. “Na minha opinião, como participante e educador, é uma janela para novos horizontes e experiências”, destaca.

O Coletivo Jovem está presente em mais de 80 comunidades de baixa renda do Brasil e já impactou a vida de mais de 200 mil jovens em 125 localidades, através de ONGs como o Instituto Dagaz. Desses participantes, mais de 60 mil foram encaminhados para o mercado de trabalho.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !