Zapeando

0

FRASE DO DIA
É melhor levar uma surra da sinceridade do que um abraço da falsidade.
Versículo do dia
“Não se deixem vencer pelo mal, mas vençam o mal com o bem.” Romanos 12-21
VAI DEIXAR SAUDADE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acabo de saber que um dos ícones do radio brasileiro vai deixar a sua casa. Falo da Rádio Globo que está deixando as dependências da Rua do Russel 434, endereço tradicional que muitas gerações de ouvintes, como eu, se acostumaram de ouvir. Seus novos dirigentes resolveram mandar tudo para o Projac onde funciona o centro de produção da TV Globo. Não vou julgar se estão certos ou errados. A Tupi mesmo mudou, que eu saiba, três vezes de endereços. Eu mesmo participei de dois. Mas, no caso da Globo, o que me leva a escrever é que esta mudança está atrelada a outra muito mais séria: a de conceito. Seus novos diretores acabaram, alegando que querem uma audiência com mais qualidade, com um trabalho de mais de 50 anos. Hoje, quem ouve os 1220 AM – se é que alguém ainda ouve, tem a certeza que aquela não é mais a rádio a que se acostumou a ouvir por tantos anos. Grandes nomes passaram por lá. E não foram poucos. Nomes que ajudaram a formar uma geração de ouvintes amantes, apaixonados, encantados, pelo que era transmitido pelos 1220 AM. Isso acabou! Hoje, a programação é outra! Novos comunicadores, novos programas, novas vinhetas e até mesmo novos ouvintes… É por incrível que possa parecer tem ouvintes novos. Mas e os antigos para onde foram? Alguns migraram para a Tupi e outras emissoras ou ficaram por lá mesmo, mas e aqueles espalhados por este Brasil? Pessoas que passaram uma vida acordando, vivendo e indo dormir ouvindo a 1220 AM, mesmo não morando na cidade do Rio de Janeiro. Pessoas que aos fins de semana tinham como passeio ir até a Glória, bairro onde ficava a sede da rádio Globo, para apenas tirar uma foto em frente a sua fachada. Este tempo, não volta mais. É pena! Chamam de progresso, de necessidade de ganhar mais anunciantes, novidades… Será isso mesmo? Que cada um pense em sua resposta… O número 434 da Rua Russel vai deixar saudades…
MUITA APELAÇÃO EM VEZ DE DIVERSÃO


Assim podemos definir as três maiores emissoras (Globo, SBT e Record) no fim de semana. Se ligarmos seja no sábado, seja no domingo (principalmente nesse), vamos encontrar uma quantidade imensa de “matérias” bem apelativas. É pai que não vê a filha há 30 anos, irmãs que não se reencontram há 50, casas que são reconstruídas e entregues por artistas de quem os proprietários são fãs, e por ai vai… E para fechar, quando pensamos que nosso domingo tão abalado com esta s “matérias altamente para cima” para não dizer o contrário, somada a possível derrota de nosso time, nos deparamos com as reportagens do Fantástico e do Domingo Legal. Aí é a hora de torcermos para que a segunda-feira chegue logo!
VOLTANDO AO PASSADO
Na semana passada a rádio Agulhas Negras reprisou o Festival radiofônico da rádio Agulhas Negras, levado ao ar em 12 de outubro de 1960. Isso mesmo… 1960!.A atração relembrou a presença Doutores Arízio Maciel e Roberto Petrônio, do prefeito de Resende em 1950 Geraldo Rodrigues e do professor Pedro Braile, além de radialistas de diversas outras emissoras. Foram duas horas e 38 minutos no ar, como se a transmissão estivesse acontecendo naquele momento. Parabéns ao Luis Fernando e equipe pela iniciativa. Mostrou aos seus ouvintes que o passado está ai para ser lembrado e reverenciado.
PODEM CRITICAR, MAS ELA É FERA!


Conheço muita gente que vira a cara quando o nome da Gloria Perez, autora da atual novela das nove da Globo, é mencionado. Mas, estas pessoas, são obrigadas, queiram ou não, a reconhecer: a moça é fera. Escrever mais de 150 capítulos, recheados de diálogos, dicas de cenas, cenários e outras coisas e ainda por cima sem ajuda alguma, apenas isolada em um apartamento e, por opção, escrevendo de pé, não é para qualquer um. Não sou daqueles que paro em frente a TV para ver a novela “A força do querer”, mas preciso reconhecer o talento dessa profissional que não só conseguiu levantar o horário, como vai passa-lo com índices bem altos.
FALTA TALENTO
Tem pessoas que acreditam que talento se herda dos pais. Eu discordo! Meu pai adorava matemática. Eu virei jornalista. Tá certo que minha irmã é engenheira, mas eu não herdei este “amor” do pai.
E o mesmo acontece na vida artística. Alguns diretores ainda tentam buscar filhos de pais famosos para suas tramas na expectativa que estes sejam iguais aos seus genitores. De vez em quando dá certo, mas nem sempre isso acontece. Prova disso é o Fiuk vivendo o Ruy em “A força do querer”. Realmente não é a “praia” dele. Menos mal, cantando…