XII Jornada de Iniciação Científica do UGB-FERP está com inscrições abertas

0

VOLTA REDONDA

O Centro Universitário Geraldo Di Biase (UGB-FERP) já está com as inscrições abertas para a XII Jornada de Iniciação Científica (JORNIC) e o II Fórum de Pós-Graduação. Os eventos serão realizados nos dias 24 e 25 de outubro, no campus Volta Redonda, no Aterrado. Podem inscrever trabalhos na JORNIC e no Fórum alunos regularmente matriculados em um curso de graduação ou pós-graduação lato sensu de Instituições de Ensino Superior privadas ou públicas. Além da Menção Honrosa para os cinco melhores trabalhos das quatro áreas de conhecimento (acesse o site www.ugb.edu.br e veja o Edital), a JORNIC, cujo tema deste ano é “A Ciência e a Tecnologia a serviço do bem comum”, premiará o melhor trabalho com o Prêmio Reconhecimento Científico Geraldo Di Biase. As inscrições de trabalhos se encerram no dia 02 de setembro.

Promovida pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão (PROPPEX), a JORNIC teve início em 2006, com o objetivo de despertar a vocação para os campos das ciências e carreiras tecnológicas, incentivando talentos potenciais entre alunos de graduação e pós-graduação (Lato Sensu), mediante a participação em projetos de investigação científica. Pretende, também, dar visibilidade aos trabalhos apresentados.

De acordo com a professora Lúcia Costa, assessora da PROPPEX e presidente da JORNIC, o tema deste ano foi escolhido em função do mundo atual, onde a tecnologia tem se apresentado como principal fator de progresso e de desenvolvimento. “No modelo atual, ela é assumida como um bem social e, juntamente com a ciência, é o meio para agregação de valores aos mais diversos produtos, tornando-se chave para a competitividade estratégica e para o desenvolvimento social e econômico de uma região. Na programação teremos apresentação oral, painel, minicursos, palestras e apresentação cultural”, explica Lúcia Costa.

A professora destaca ainda que a JORNIC oferece um espaço para refletir a questão da utilização dos avanços tecnológicos em relação à sociedade. “Muitas dúvidas e questionamentos sacodem nossos sentimentos na procura de respostas a esta intricada relação que ainda deixa fora de seus benefícios a maior parte da população. Tais questionamentos e dúvidas só poderão ser respondidas se todo cidadão tiver a oportunidade de receber uma boa formação nos preceitos científicos e tecnológicos e nas suas consequências e repercussões. Com esta formação, poderão então fazer parte das decisões que deverão alterar sobremaneira as relações sociais principalmente nos países em desenvolvimento”, completa.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !