Volta-redondense é convocado para a Seleção Brasileira

0

Aos quatro anos de idade, ainda na Cidade do Aço, o pequeno Gabriel Noga, começou a ter seu primeiro contato com a bola jogando na escolinha de futsal do Serviço Social da Indústria(Sesi). Hoje, após muita dedicação, sacrifício, de ter que abrir mão de sua infância, almoçar e estudar dentro docarro do pai, durante as muitas viagens de Volta Redonda para o Rio de Janeiro, Gabriel Noga, que hoje atua como zagueiro da equipe sub-15 do Flamengo, já começou acolher os louros de sua dedicação ao futebol, é que na sexta-feira, dia 27, o treinador da Seleção Brasileira Sub-15, Paulo Victor Gomes, o relacionou entre os 22 atletas que disputarão o Campeonato Sul-Americano Sub-15 deste ano, que será realizado na Argentina, entre os dias 5 e 19 de novembro.
Em conversa com a equipe do A VOZ DA CIDADE, o pai do jovem atleta, Moacir Rogério Noga, contou como tudo começou. “Na escolinha aconteceu um torneio de futsal, e lá estava um olheiro do Vasco da Gama, que convidou o Gabriel para ir até São Januário, e lá chegando, ele já foi direto para a quadra atuar com a equipe, sem a necessidade de passar por qualquer tipo de teste ou peneira”, recordou o pai, contando que, já com 11 anos, o filho recebeu convite para ir para o Fluminense e para o Flamengo, mas ele optou pelo futsal da equipe da Gávea.
Porém, segundo o pai, o menino ficou pouco tempo no futsal do rubro-negro. “Para nossa surpresa, em menos de um mês no Futsal do Clube da Gávea, Gabriel recebeu o convite para atuar no futebol de campo. E ele aceitou o desafio, e assim como no futsal, já entrou direto na equipe, agradou tanto o treinado com suas atitudes, que logo recebeu a braçadeira de capitão da equipe e, para nosso orgulho e satisfação, segue até hoje com ela”, contou o orgulhoso pai, que mora no Rio com o jovem Gabriel
Falando sobre a emoção de ver o filho no caminho correto, buscando o seu sonho, Moacir diz que a família comemora cada passo dado pelo jovem. “É um orgulho muito grande, pelo caminhar, da vida dele. Foram muitos bate e volta, Volta Redonda, Rio de Janeiro, todos os dias. É um moleque muito dedicado, é uma pessoa extraordinária, e é muito focado no que ele faz. E tudo isso, é motivo de muito orgulho para todos nós”, contou Moacir revelando que a irmãzinha, do Gabriel, a pequena Sophia Norga, de três anos, assim como os pais, não perde um jogo do irmão.

Atuando na zaga flamenguista, Gabriel Noga está entre os 22 atletas que disputarão o Sul-Americano Sub 15


Já a mãe do Gabriel, Roshyleire Rodrigues Noga, que ficou em Volta Redonda com a pequena Sophia, contou que, apesar da saudade, está feliz com o sucesso crescente do filho.
Por telefone, Gabriel Noga falou com a equipe do A VOZ DA CIDADE, sobre as expectativas para a competição, que será a sua primeira em nível internacional, o zagueiro flamenguista disse que, ele, assim como todo o grupo, está bastante focado e confiante e que vão para Argentina para buscar o título. “As expectativas são as melhores possíveis, pois nos preparamos muito bem para conseguir o título e estamos com os pés no chão, sabemos que será uma competição difícil, mas estamos preparados”, comentou Noga, que já uma experiência em partida internacional quando participou de alguns amistosos na Inglaterra como preparação do grupo para a disputa do Campeonato Sul-Americano.
Sobre o futuro, a jovem, promessa do futebol brasileiro, disse que pretende crescer ainda mais no seu clube e, claro, chegar à seleção principal. “Espero crescer no Flamengo, chegar ao profissional do clube, jogar nos grandes da Europa e chegar à seleção profissional. Para que isso possa acontecer, tenho que me manter tranquilo e muito focado nesses objetivos e mantendo a humildade, e a seriedade e serenidade, tanto nos gramados quanto fora dele”, declarou o jovem atleta.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !