Volta Redonda registra 18 casos confirmados de coronavírus

0

VOLTA REDONDA

Nesta quinta-feira, dia 26, o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, informou que os casos de coronavírus da cidade já somam 18. Na última atualização, feita no dia 25, eram apenas oito casos, ou seja, dez casos a mais. Outros 180 exames aguardam resultados. Outra informação atualizada é que uma morte entre as três suspeitas por coronavírus, teve resultado negativo para Covid-19 e as outras ainda aguardam resultado.

Entre os dez infectados, três são homens com idades de 39, 42 e 51 anos, e as mulheres têm 30 anos e 59 anos. De acordo com Samuca, o novo número coloca Volta Redonda entre o ranking das 20 cidades do país com mais casos da doença e no Estado do Rio de Janeiro perde apenas para Niterói e a capital. As pessoas que tiveram os casos confirmados estão em isolamento social em suas residências e passam bem.

O prefeito ainda explicou que os exames positivos foram coletados antes que fossem realizadas as medidas isolamento na cidade. “Imagina se não tivéssemos feito isso? Seria bem pior”, afirmou.

De acordo com o Samuca, as restrições estabelecidas, seguem em vigor em Volta Redonda. “Sobre as questões econômicas, é melhor perder tudo, que perder a vida e não irei pagar para ver. Apenas veja os números de mortos no mundo e saberá a gravidade dessa doença. Mesmo com o calor, que alguns disseram que ajudaria na não proliferação da doença, já são 18 casos, então é de suma importância a conscientização das pessoas”, ratificou.

Durante a live, o prefeito ainda falou sobre o hospital de campanha erguido no Estádio Raulino de Oliveira, onde ficarão pessoas que precisam ser atendidas. Segundo ele, o lugar será arejado, podendo ajudar no atendimento da população.

VACINAÇÃO DA INFLUENZA

Durante a live, foi informado também que o município de Volta Redonda já disponibiliza as novas doses da vacina da influenza e a imunização voltará a ser realizada nesta sexta-feira, dia 27.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !