Volta Redonda realiza 4ª edição da Semana do Povo Preto

0

VOLTA REDONDA

A Prefeitura de Volta Redonda, através da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), vai realizar a 4ª edição da Semana do Povo Preto. O evento, que celebra o Dia da Consciência Negra, fortalecendo a ancestralidade e a cultura, tem como palco o Memorial Zumbi, contemplando várias linguagens da cultura afro. Este ano o evento será todo realizado de forma virtual em função da pandemia de Covid-19 e receberá atrações que foram contempladas em edital, através da Lei Aldir Blanc. A programação começa nesta quarta-feira, dia 18, e vai até o dia 24 de novembro.

A secretária municipal de Cultura, Aline Ribeiro, comentou a importância da celebração. “As contribuições da cultura de origem africana para a construção da personalidade brasileira são inegáveis. Elas estão em toda parte. O Dia Nacional da Consciência Negra, incentiva, de um lado, a consciência histórica de uma sociedade que vivenciou longamente a escravidão e, de outro, a reflexão sobre o impacto da cultura e da presença do povo africano na formação da cultura brasileira”, disse Aline.

O gerente de espaços culturais da SMC, Sid Soares, disse que realizar um evento que fomenta a cultura afro neste momento, ainda que de forma virtual, é muito importante como marcador cultural. “É fundamental para compreensão de todos entender a necessidade e importância do Dia da Consciência Negra. Essa data relembra o líder negro Zumbi, governador de Palmares, mas também nos estimula a trabalhar a nossa percepção enquanto negros e negras e como agentes de transformação social para a construção de uma cidade que de fato lute para combater as desigualdades”, afirmou Sid.

Para ele, o 20 de novembro reacende o debate sobre a trajetória que o povo negro teve no “sequestro-travessia” da África ao Brasil, a contribuição do negro para o desenvolvimento do país nas mais diversas áreas e a relação de desigualdade em que o Brasil se sustentou e ainda se sustenta nos dias atuais. “Volta Redonda é referência nacional, seja pelos espaços dedicados à cultura afro, seja pela trajetória do movimento negro, dos grupos e coletivos afro que lutam para que essa consciência seja ouvida, vista e respeitada nos 365 dias do ano”, frisou Sid.

Toda a transmissão pode ser acompanhada pelo cultura.voltaredonda.rj.gov.br.

Confira a programação completa da 4ª Semana do Povo Preto:

– Dia 18/11, às 20h – Live sobre cultura afro brasileira com Verônica Nascimento – Produtora Cultural RJ.

– Dia 19/11, às 16h – Live sobre Moda Afro Brasileira com o estilista SantClair Pedro de Barra Mansa.

– Dias 23 e 24/11, às 15h – Feira Das Mina Preta ao vivo, com sorteio de uma Caixa das Mina.

A Feira Das Mina Preta é um encontro de mulheres negras afro empreendedoras que trabalham com moda afro brasileira, artesanato, literatura, estética e gastronomia.

– Dia 20/11, 12h – Show com o Grupo Dandaras Semana do Povo Preto.

O Grupo Dandaras visa enaltecer o poder das mulheres negras no samba, mulheres essas que são precursoras no gênero. Essa apresentação consiste em mostrar ao público a obra dessas mulheres.

– Dia 21/11, 12h – Som dos Atabaques.

Kayo Emanuel é instrutor do projeto que através de oficinas e apresentações tem o objetivo de transmitir o conhecimento para as gerações mais novas.