Volta Redonda lança Projeto Gente Empreendedora

0

A secretaria municipal de Políticas Públicas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos realizou da tarde dessa quarta-feira, dia 17, a aula inaugural do Projeto Gente Empreendedora VR, que beneficiará 40 mulheres. O projeto é uma Incubadora Pública de Negócios com foco no desenvolvimento econômico e social para mulheres e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.
O objetivo desse projeto é mudar a realidade dessas pessoas, gerar crescimento econômico, promover o desenvolvimento social, preservar o meio ambiente e trazer autonomia às participantes, fazendo com que sejam protagonistas de suas próprias histórias.
De acordo com a secretária de Políticas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos de Volta Redonda, Dayse Pena, o curso tratará assuntos como conceito de empreendedorismo, técnicas sobre como e por onde começar a empreender, conhecendo o mercado e o cliente, planejamento de negócio, técnicas de vendas e cuidado com finanças.
“Essa é uma oportunidade de estabelecer mais contatos com mulheres para pensar a cidade além da violência e dos desafios que a gente conhece. Estamos pensando na mulher de sucesso. Como a gente faz essa mulher buscar mais informações para poder potencializar o seu negócio e entender o que é estar no negócio” disse a secretária.
Para a esteticista Adriana Cristina Lazarotti, 42 anos, moradora do bairro Conforto, conta que o curso servirá para que ela possa aprender a empreender. “Atualmente trabalho com estética de forma informal e quero alavancar o meu projeto. Fico feliz em saber que o projeto Cartas, realizando pela Smidh, está dando frutos, pois foi através dele que manifestei a minha vontade de ser empreendedora. Nós, mulheres de Volta Redonda, somos mulheres de aço. A gente exerce várias atividades ao mesmo tempo e precisamos ter mais acesso a conhecimentos. Muitas vezes não conseguimos fazer nem um curso pela falta de tempo e essa oportunidade é imperdível” disse a esteticista.
Os participantes terão como benefício à construção do plano de negócios para sua empresa, junto com acompanhamento técnico gratuito que serão realizados por alunos do Centro Universitário Geraldo Di Biase (UGB). Para o professor e coordenador do Programa de Extensão do UGB, Antônio Carlos da silva, essa parceria com o poder público é muito importante para os alunos. “Eles aprendem a teoria na instituição e vão trabalhar em campo. E esse programa me chamou muito a atenção porque visa, primeiramente, gerar um impacto na comunidade com geração de renda. Ele fará com que essas mulheres desenvolvam as potencialidades delas”, disse o coordenador.
Para a aluna do curso de Administração do UGB, Jéssica de Oliveira Dornas a importância do empreendedor e seu papel no atual cenário econômico e social são inquestionáveis. “O empreendedor tem características ímpares que conseguem transformar todo o ambiente ao seu redor. Hoje o empreendedorismo é uma grande oportunidade tanto para as pessoas que estão desempregadas quanto para as que já estão trabalhando e pretendem ter o seu próprio negócio”, explicou a aluna.
Quem concorda com ela é a colega de sala, Carolina Chagas Carvalho Costa, esse curso também é importante para a comunidade acadêmica. “Fizemos um trabalho para aplicar nas comunidades explicando o que é empreendedorismo. Essa oportunidade de estar aqui hoje é muito interessante. Muitas vezes, esse assunto não alcança as pessoas. Poder aplicar o que aprendemos na sala de aula é muito válido”, concluiu a aluna.