Volta Redonda lança programa que promove inclusão digital para idosos

0

VOLTA REDONDA

Foi iniciado nessa segunda-feira, dia 17, o ‘Programa Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável’, que oferece cursos que promovem a inclusão digital para idosos, além de abordar temas como saúde, educação e mobilidade física na terceira idade. O lançamento do curso, que faz parte de uma parceria com o Governo Federal, aconteceu às 10 horas na sede da Secretaria Municipal Para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos.

A aula, com duração de uma hora e meia, será realizada as segundas e quartas-feiras, em quatro horários distintos, na sede da secretaria. Ao todo estão sendo oferecidas 48 vagas, sendo que 25 já foram preenchidas. As inscrições podem ser feitas pelo telefone 3339-9215 por idosos com mais de 60 anos. Existem vagas também para pessoas a partir dos 50 anos. O curso tem cerca de quatro meses de duração.

A secretária da pasta, América Tereza, contou que a aula inaugural será na próxima quarta-feira, dia 19, quando os alunos serão orientados sobre a metodologia do curso. “Basicamente, a segunda-feira será voltada para a inclusão digital na prática e os encontros de quarta-feira vão abordar os outros temas previstos no programa, como educação, saúde e mobilidade física”, explicou, lembrando que o município já recebeu oito computadores, mas ainda vai ganhar pelo programa webcam, impressora e projetor de imagem.

De acordo com a diretora do departamento de Políticas para Idosos da secretaria, Juliana Rodrigues, o instrutor será Flávio Ferreira, que faz um trabalho semelhante nos Telecentros Comunitários. “A ideia é que eles passem a ter contato com o dia a dia da tecnologia como, por exemplo, acessar as redes sociais, pesquisa em geral e uso de aplicativos de banco”, ratificou.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, explicou que este é um programa que beneficia o idoso, melhorando a qualidade de vida e promovendo a inclusão na família, por meio do acesso à tecnologia. Ele lembrou ainda da implantação do Hospital Municipal do Idoso e a própria criação da Secretaria do Idoso. “O desenvolvimento de políticas públicas consistentes para o idoso é o objetivo”, concluiu.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !