MEP Volta Redonda avalia atividades do 1º semestre e aprova incorporação de novos membros para a área socioambiental

0

VOLTA REDONDA
Durante encontro remoto recente, o Conselho do Movimento Pela Ética na Política (MEP) de Volta Redonda, avaliou suas atividades do 1º semestre 2022. No evento foi discutido e aprovado ainda a incorporação de novos membros para o suporte na área socioambiental dentro do Conselho do Movimento.
O professor Erique Barcellos, que é vice-coordenador do MEP, na abertura do encontro falou sobre perspectiva, embora sabendo das grandes dificuldades, na cidade, no Estado e no Brasil. “Estou certo de que, o que nos faz caminhar é estar juntos e de mãos dadas”, destacou Barcellos, ressaltando que o MEP, na sua trajetória de 25 anos, tem ensinado como resistir às dificuldades. Acredito que nosso encontro vai oportunizar novos respiros e com rodízios entre nós ficaremos fortes e firmes nos nossos propósitos”, completou.
Outro que falou durante o encontro foi o diretor de ensino e conselheiro, Davi Sousa. Ele apresentou também o relatório das atividades desenvolvidas pelo Movimento. “No mapa, nota-se, que entre encontros de trabalho, ações de rua, trabalhos de campo, reuniões com autoridades, presenças nas universidades, pesquisas e pronunciamentos, somaram 47 tópicos no 1º semestre. Em resumo, 15 na área sociopolítica, 21 do socioeducacional e 11 do socioambiental”, disse Davi.
AMPLIAÇÃO DO CONSELHO NA ÁREA SOCIOAMBIENTAL
O biólogo e professor do Pré Vestibular Cidadão, do Núcleo de Pesquisa do MEP, Saulo Karol, junto com a professora Elienai Pereira, a física Irinéia Pereira, a bióloga ligada à equipe que discute a poluição em Volta Redonda Sabrina Arantes, engenheira ambiental ligada à equipe da Pedreira da Voldac, tiveram seus nomes aprovados para integrar o conselho do Movimento, em especial nas questões ligadas ao meio ambiente na cidade.
Depois dos informes, o professor Fernando reagiu. “Fico muito feliz e mais tranquilo com em vocês terem aceitado e aprovado os nomes. Michel Bastos, tem trabalhado muito nas questões socioambientais e agora com a sua licença temporária, também a minha situação, por estar mais longe da cidade, não perderemos o pique dos trabalhos”, explicou Fernando, que é conselheiro e coordenador da equipe socioambiental do MEP.
O conselho aprovou também o Festival de Prêmios, a ser realizado no dia 16 de outubro, no Núcleo do Pré-Vestibular do bairro Retiro. “A atividade objetiva a aquisição de materiais, como carteiras, mesa, material didático e manutenção da sala de aula”, concluiu.