Volta Redonda anuncia aplicação de vacina contra Covid-19 em crianças já na próxima semana

0

VOLTA REDONDA

Começará em Volta Redonda na próxima semana a vacinação de crianças de cinco a 11 anos contra Covid-19. A prefeitura foi a primeira da região a informar como será a aplicação após a notícia da chegada ontem das doses da Pfizer no Brasil. A prefeitura ainda informou que a aplicação será em unidades escolas e não em postos de saúde. O A VOZ DA CIDADE entrou em contato com as demais prefeituras da região que informaram não ter data definida. Mas a expectativa é que no estado a vacinação nos municípios comece mesmo na próxima semana.

Segundo a secretária de Saúde de Volta Redonda, a vacinação começará entre segunda ou terça-feira, pois depende do cronograma de entrega do Governo do Estado. A vacinação na cidade começará com a faixa etária de 11 anos (todas as crianças dessa idade) e crianças com comorbidades de 5 a 10 anos, que também terão prioridade na imunização, com a apresentação de comprovação clínica.

O intervalo entre as duas doses deverá ser feito em até oito semanas. Por determinação do Ministério da Saúde, as crianças devem estar acompanhadas dos pais ou responsáveis no ato da imunização com os seguintes documentos: caderneta de vacina, cartão SUS ou CPF.

Na cidade a vacinação será sediada em seis unidades escolares, de 9 às 17 horas. São elas: Colégio João XXIII – bairro Retiro; CIEP Wandir de Carvalho – bairro Siderlândia; Colégio Professora Themis de Almeida Vieira – bairro Conforto; Colégio Professora Delce Horta Delgado – bairro Aterrado; Escola Municipal Professor Jaime de Souza Martins– bairro Santo Agostinho; C.M.E.I. Profª Mariana Aparecida Vieira Bressan – bairro Santa Cruz.

SINTOMAS GRIPAIS

O coordenador da Vigilância em Saúde de Volta Redonda, o médico sanitarista Carlos Vasconcellos, orientou que crianças com sintomas de Covid-19 ou síndrome gripal devem adiar a vacinação. Para que a imunização seja feita, a recomendação é que o quadro de saúde esteja totalmente normalizado. “Crianças que estejam com sintomas de Covid-19, ou que tenham tido a doença confirmada há menos de 28 dias, terão a vacinação adiada. No caso de crianças com sintomas gripais, os pais devem levar a criança até uma unidade básica de saúde para realizar a testagem para a doença”, finalizou Vasconcellos.