Volta Redonda antecipa vacinação contra febre amarela

0

VOLTA REDONDA

A partir desta terça-feira, dia 16, mais de 40 pontos de vacinação contra a febre amarela estarão atendendo a população de Volta Redonda, das 8 às 17 horas, de segunda a sexta-feira. A campanha que tinha previsão de ter início somente em fevereiro foi antecipada. O anúncio oficial foi feito nesta segunda-feira, dia 15, na sede da secretaria de municipal de Saúde, pelo prefeito Samuca Silva (Podemos), pelo secretário Alfredo Peixoto e outras autoridades municipais de saúde.

Samuca Silva comunicou que 110 mil doses, disponibilizadas pela Secretaria Estadual de Saúde, estarão em todas as unidades da Atenção Básica. Esse número de doses permitiu a descentralização da oferta.
“Agora, todas as 44 Unidades Básicas de Saúde vão aplicar a vacina. O funcionamento é de segunda à sexta-feira, das 8 às 17 horas” afirmou o prefeito, acrescentando que de acordo com a procura pela vacina, será verificada a necessidade, ou não, de abrir as unidades também aos sábados.

Samuca também afirmou que, apesar dessa intensificação da oferta da vacina contra a febre amarela, Volta Redonda vai participar da campanha prevista para fevereiro. “Vamos abrir as unidades no sábado, 24 de fevereiro, previsto como o Dia D da campanha de vacinação”, disse.

De acordo com o secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto, o município vacinou, em 2017, mais de 40 mil pessoas. “Agora, temos quase três vezes o número de doses e vamos atender uma parcela bem maior da população, principalmente, com o acesso facilitado”, disse Alfredo, completando que o governo do estado se comprometeu a enviar mais doses se houver necessidade.

“A vacinação contra febre amarela é muito importante para toda a população, mas os moradores de áreas rurais e áreas limítrofes a áreas silvestres, além das pessoas que vão viajar para áreas endêmicas, devem ter uma preocupação um pouco maior e se vacinar o quanto antes”, esclareceu o secretário de Saúde. Ele lembrou ainda que a transmissão urbana da febre amarela se dá pelo Aedes aegypit, mesmo mosquito que transmite a dengue, zika e chicungunya. “Temos que nos dedicar a eliminar os focos de mosquito dentro de casa. Essa participação das pessoas é fundamental”.

Quem deve ser vacinado

O público-alvo da vacina é formado por pessoas de 9 meses de idade até os 59 anos. Os idosos, a partir dos 60 anos, as gestantes e os pacientes imunodeprimidos – em tratamento de câncer e contra o HIV, por exemplo -, só serão vacinados munidos de documento com indicação médica.