Visconde de Mauá registra baixa taxa de ocupação no feriado

1

RESENDE

O feriado prolongado da Proclamação da República não deve atingir a meta de lotação na rede hoteleira de Visconde de Mauá, segundo projeção da Associação Turística e Comercial da Região de Visconde de Mauá (Mauatur). Nesta quinta-feira a taxa gira em torno de 65%, quando poderia estar acima dos 85%. A razão para a situação segundo a entidade é o receio dos visitantes a seguir para a região através da RJ-163.

A principal rota da Via Dutra até Visconde de Mauá está liberada e sinalizada pelo Departamento de Estradas e Rodagem (DER) após problemas com as chuvas de março. Obras de melhorias para a estrada estão previstas para 2019, pois em dezembro ocorrerá a licitação para indicar a empresa responsável pela obra de recuperação. De acordo com o presidente da Mauatur, Paulo Gomes de Oliveira, recentemente ocorreu em Mauá um ato pedindo melhorias para a estrada e isso gerou conflito de informações para alguns turistas. “Após o manifesto repercutido na mídia muitos turistas que viram as reportagens lembrando o início do problema, em março, associaram que a RJ-163 esta inviável. Há reflexo direto no turismo neste feriado onde donos de pousadas registraram desistências, temos pouca procura por vagas e muitas vagas em aberto até o momento. A taxa está em torno de 60%, abaixo do esperado”, comenta interditada.

A região localizada na Serra da Mantiqueira favorece a busca pela paz e harmonia com a natureza

Conforme dados da Mauatur, a região de Visconde de Mauá, Maringá, Maromba, Vale do Pavão e Cruzes, conta com 1.800 leitos na rede hoteleira, que em feriados anteriores atingia entre 90% e 95% de ocupação. O turista que segue para aquela região tem como rota tanto a RJ-163 quanto a RJ-161 (Serra do Eme). Quem opta pela RJ-163 deve manter atenção à sinalização e ao limite de velocidade de 40km/h. “A RJ-163 esta liberada, tem acesso ao turismo e moradores na sua rotina diária de ir e vir. E ainda há a opção de acesso pela Serra do Eme. Toda essa polêmica sobre obras mexe de fato com a cabeça do turista que pensa estar tudo parado na serra. Temos boas perspectivas para o futuro e com a posição do Governo do Estado em realizar licitação e o DER nos amparando com a sinalização e a RJ liberada, esperamos ver o distrito mais cheio no Natal e réveillon”, comenta o morador Ricardo Nascimento.

RESERVA DISPONÍVEL PARA O FERIADÃO

Com a baixa procura, há vagas para quem ainda pretende curtir o restante do feriado prolongado. Os turistas podem realizar consulta de preços de pousadas e hotéis através da Mautur pelo telefone (24) 3387-1283. Os valores da diária para casal partem da faixa de R$ 600 e pode chegar a R$ 4,8 mil para duas diárias, com café da manhã incluso.

1 comentário

  1. Carlos Henrique Alves Bezerra Em

    Mauatur,
    Melhore as estradas de terra pois as belezas de
    Visconde de Mauá, estão mata à dentro.
    É fácil observar este DETALHE.
    Os senhores precisam enchergar este problema que aos poucos AFASTARÃO quem realmente sustenta a região.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !