Visconde de Mauá recebe workshop Aves do Rio

1

RESENDE

A Associação Turística e Comercial da Região de Visconde de Mauá, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa do Rio de Janeiro (Sebrae/RJ) iniciou nesta segunda-feira, 20, o Workshop ‘Aves do Rio – Infraestrutura Turística para Observação de Aves nos Pequenos Negócios’, com roteiro pelas paisagens da Serra da Mantiqueira até o dia 23, quinta-feira. A proposta é inserir Visconde de Mauá e região no roteiro turístico dos pesquisadores e fotógrafos de aves, mas preparando os empreendedores locais para este segmento. A iniciativa integra o projeto ‘Roteiro do Paraíso – Destinos Turísticos Inteligentes’ e tem a coordenação da consultora Tietta Pivatto.

O primeiro dia de atividades ocorreu entre 9h e 17 horas, na sede do Parque Estadual da Pedra Selada (PEPS), com instrução sobre a observação dos pássaros em seu habitat natural. Tietta orientou os participantes sobre o que é a observação de aves, potencial econômico, importância ambiental, infraestrutura para desenvolvimento da atividade e segurança. Após o intervalo para almoço, o workshop abordou o perfil do observador de aves e suas necessidades, características do roteiro adequado para este perfil de público, o guia especialista e a divulgação do produto no mercado. “Nossa proposta com as atividades do projeto Destinos Turísticos Inteligentes é mapear as principais atrações na região de Visconde de Mauá, seja no setor da gastronomia, hotelaria e hospedagem, belezas naturais. O Workshop Aves do Rio permite inserir nossa região no roteiro de pesquisadores e amantes das aves, que podem visitar a localidade em contato com a fauna e a flora da Serra da Mantiqueira. Preparamos os empreendedores locais para essa possibilidade fomentando o turismo”, comenta o diretor da Mauatur, Paulo Gomes, lembrando que o projeto Roteiro do Paraíso foi lançado no dia 7, conforme divulgado pelo A VOZ DA CIDADE. Na ocasião houve a palestra Urban Hacking, do projeto Destinos Turísticos Inteligentes, com o consultor  Flávio Gueiros, na sede do PEPS.

A região de Visconde de Mauá conta com inúmeros pássaros para observação

O Projeto Roteiro do Paraíso conta com aproximadamente 40 estabelecimentos inscritos, especialmente pousadas e restaurantes, interessados no roteiro da região de Visconde de Mauá. Sobre a observação de pássaros, a consultora Tietta Pivatto comentou nas redes sociais que “se pensarmos nos conceitos de turismo e ecoturismo, um leque de oportunidades se abre, pensando em contratação de guias especialistas, hospedagem, alimentação, traslado, seguro viagem e roteiros, ainda que não seja por uma operadora oficial”, ações que segundo ela “contribuem cada vez mais para movimentar a economia dos locais visitados pelos observadores”.

AULA PRÁTICA

Nesta terça-feira, 21, entre 7h e 12h, a atividade foi prática. Os integrantes do workshop das aves estiveram na trilha do bosque, situada atrás da sede do PEPS, no centro de Visconde de Mauá. Segundo Paulo Gomes, são inúmeras espécies de pássaros na localidade. “Visconde de Mauá e região conta com mais de 70 espécies de pássaros e nesta terça-feira vamos caminhar pelo bosque, auxiliando os participantes a registrar, identificar alguns deles. Contamos com 22 empreendimentos da região sendo capacitados para entrarem no roteiro de observadores de pássaros. Até o dia 23 a Tietta vai dar consultoria individual para adaptar os ambientes, criar infraestrutura nas empresas participantes”, finaliza o diretor da Mauatur.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !