Visconde de Mauá eleva taxa de ocupação neste fim de semana

0

AGULHAS NEGRAS

O feriado do Dia da Independência celebrado neste sábado, dia 7, além de favorecer a folga no calendário da maioria dos trabalhadores conta com uma combinação climática amena, favorável para quem gosta do ambiente de serra, montanha, natureza.

Na Região de Visconde de Mauá, situada a 1.200 metros acima do nível do mar, é alta a taxa de ocupação para este fim de semana. Segundo os gestores do setor hoteleiro, mesmo não ocorrendo um feriado prolongado com o Dia da Independência caindo num sábado, muitos turistas em busca do clima de tranquilidade e do frio da montanha procuram vagas em hotéis e pousadas.

Segundo dados da Associação Turística e Comercial da Região de Visconde de Mauá (Mauatur), que abrange Visconde de Mauá, Maringá, Maromba, Vale do Pavão, Cruzes e o Alcantilado/Flores, mais de 80% do total de aproximadamente 2.900 leitos estavam com reserva garantida. “Estamos percebendo um fluxo intenso de pedidos de contato por vagas. Hoje (sexta-feira) a taxa de ocupação está acima de 80%, sem dúvida, mesmo não sendo um feriado prolongado. Acredito que os turistas associam o prazer de visitar nossa região num fim de semana de folga com a questão do clima ameno. Desde a semana passada, quando tivemos o evento Bebavinho tem sido muito movimentado o setor do turismo e a economia em Mauá”, argumenta o presidente da Mauatur, Paulo Gomes Oliveira.

A região é repleta de atrativos naturais que cativam os turistas

Ele citou o evento enogastronômico que teve parte da programação realizada entre os dias 29 e 31 de agosto, reunindo em Mauá nomes como do francês, François Hautekeur, enólogo oficial da Louis Vuitton Moët Hennessy, considerado o maior conglomerado de produtos de luxo do mundo; Homero Sodré, Paulo Nicolay, Jô Sodré e o presidente da Associação Brasileira de Sommeliers, Hermann Josef. O encerramento oficial será no dia 28 deste, às 16 horas, com degustação de vinho dirigida e às 20h30min o jantar harmonizado, no Restaurante Terra da Luz, em Maringá (MG).

DIÁRIAS E VALORES

O turista que for à região pode aproveitar ainda possíveis condições diferenciadas promovidas por empresários do setor de turismo, em virtude da Semana do Brasil. O evento promovido pelo governo federal entre os dias 6 e 15 de setembro visa incentivar o comércio e o turismo. A adesão e a forma de concessão de descontos ficam a critério de cada empresário seja do setor de turismo ou lojas. Segundo a Mauatur, até o fechamento desta reportagem os valores das diárias seguiam o padrão normal.

Assim, um casal que busque hospedagem no local pode encontrar vagas em chalés ou pousadas a partir de R$ 180 a diária, com taxas e impostos inclusos. Em hotel, o valor mais em conta parte de R$ 380 a diária, já com café da manhã incluso. Os turistas que ainda buscam vagas na região podem realizar consulta através de sites de viagem como o www.booking.com ou também buscar informações no site da Mauatur (www.visiteviscondedemaua.com.br). “As condições da RJ-163 no acesso requerem atenção do motorista aos limites de velocidade e sinalização realizada pelo DER. Quem visita a região retorna e indica para amigos, pois a natureza, gastronomia, cultura e artesanato são marcantes. Além dos preços em conta e da proximidade do eixo Rio-São Paulo-Minas”, finaliza Paulo Gomes.

 

 

error: Conteúdo protegido !