Vereadores pedem mudanças nos horários de ônibus

0

RIO CLARO

Reunida na última semana, a Câmara Municipal realizou a segunda sessão ordinária, do primeiro Ano Legislativo, com a presença de todos os vereadores, sob a presidência de Adilson da Silva Pereira (Republicanos). Enquanto durar a pandemia, as sessões serão realizadas excepcionalmente as quartas-feiras, às 10 horas.

No Expediente dos vereadores foram lidas 22 indicações solicitando ao Chefe do Executivo, obras e prestação de serviços, na sede e nos distritos.

Foram aprovados cinco requerimentos, o primeiro de autoria do vereador João Batista Coelho (Solidariedade), solicitando informações do Executivo se existe estudo para redução dos valores cobrados no IPTU da Fazenda da Grama, que é o mais caro do município. Caso não haja estudos, o vereador João do Gás solicita que se encontre uma fórmula para minimizar o problema. O requerimento 002/21 de autoria do vereador Edson Higino, o Amarelinho (Solidariedade) solicita que a empresa Colitur flexibilize o horário das 6:00 para 05.10min, na linha Lídice/Barra Mansa, beneficiando dezenas de passageiros que trabalham em Barra Mansa, a partir das 07:00 horas e estão chegando atrasados nas empresas. O terceiro requerimento de autoria do mesmo vereador, também diz respeito à empresa Colitur, solicitando que o Executivo interceda para que o ônibus que faz a linha Lídice/Barra Mansa, às 8 horas, aguarde a chegada do ônibus

Angra dos Reis/Lídice, facilitando a baldeação dos passageiros que seguem para Barra Mansa.

De autoria do vereador Jorge Antônio Abreu, Jorjão do Fórum (Republicanos), o Requerimento 004/21 solicita que o Executivo informe quantos subsecretários tem atualmente na prefeitura, em quais secretarias e o nome completo de todos. O requerimento 005/21, de autoria de Antônio Nerzo Rodrigues de Araújo (Republicanos), subscrito pelos demais vereadores solicita que o Legislativo encaminhe ofício ao Ministério Público do Trabalho em Volta Redonda pedindo fiscalização na empresa Atitude Ambiental, que presta serviço de coleta de lixo no município. Ao justificar o requerimento, o vereador destaca que tal solicitação se refere ao não pagamento de salários e direitos dos funcionários da empresa, situação que se tornou notória e alarmante.

 

 

33 LINHAS

Legenda

Vereador Adilson da Silva Pereira, presidente da Casa Legislativa

error: Conteúdo protegido !