Vereador quer ampliar a campanha “Maio Amarelo” para as escolas de Resende

0

RESENDE

A campanha para a segurança no trânsito “Maio Amarelo – Atenção pela Vida”, implementada no município pela Lei nº3138/2014, de autoria do vereador Tiago Forastieri (PP), pode passar a incluir as escolas públicas. A sugestão foi dada pelo próprio vereador por meio da indicação n° 3.435/2022, que solicita a realização de atividades alusivas à campanha junto aos estudantes da rede pública.

Para Forastieri, o projeto intitulado por ele, “Maio Amarelo Kids”, vai mostrar ao público infantil a importância da prudência no trânsito e, assim, contribuir para a formação de condutores mais responsáveis. “A conscientização das crianças também deve ajudar a influenciar positivamente os adultos com quem elas convivem, fazendo com que dirijam e até mesmo andem pelas ruas com mais cautela”, explica Tiago.

No município, a Campanha “Maio Amarelo” tem sido marcado por ações educativas nas ruas, parques e espaços públicos de uma forma geral, com distribuição de panfletos, apresentação de palestras, explanações sobre as leis de trânsito, entre outras atividades. Os eventos são realizados ao longo de todo o mês e visam a divulgação e discussão do assunto, de forma a evitar a violência no trânsito.

Vale destacar que a Campanha Maio Amarelo faz parte de um movimento internacional para a redução do número de acidentes desse tipo, com a cor amarela simbolizando a atenção e a sinalização de advertência. A campanha teve início em 11 de maio de 2011, quando a Organizações das Nações Unidas (ONU) decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. A partir daí, o mês de maio se tornou referência mundial para a reflexão sobre o tema.

MELHORIAS NA SINALIZAÇÃO DA ESTRADA RJ-163

Ações de melhoria na sinalização viária da Estrada RJ- 163, que passa na área central de Visconde de Mauá até o bairro Campo Alegre, em Resende foi solicitada pelo vereador Tiago Forastieri ao Poder Executivo. “Esta demanda chegou até nosso gabinete vinda dos moradores da região central de Visconde de Mauá, que alegam a falta de pintura nos redutores de velocidade, assim como a necessidade de melhorias na sinalização do trânsito, para gerar assim maior segurança aos motoristas, pedestres e demais usuários”, informou o parlamentar.