Vereador participa de reunião com novo diretor do DER-RJ para melhorias na Estrada de Visconde de Mauá

0

RESENDE

Reforma e manutenção da estrada RJ-163 que liga a Rodovia Presidente Dutra ao distrito de Visconde de Mauá, na região serrana da cidade, foi a a pauta da reunião do vereador Tiago Forastieri e o novo  presidente do Departamento de Estrada e Rodagem (DER-RJ), Uruan Cintra de Andrade. O encontro aconteceu na quinta-feira, dia 17, no Rio de Janeiro.

O vereador Forastieri, que é do mesmo partido do governador Wilson Witzel, pediu providências no sentido de melhorar as condições da RJ-163, que no último dia 02, foi atingida por fortes chuvas. Na época, a tempestade abriu uma cratera na rodovia, deixando o trânsito em meia pista, na altura do Km 16,5. A RJ-163 possui 28 quilômetros de extensão, ligando os municípios de Resende e Itatiaia. É uma das principais rotas turísticas para região. Após quase uma semana de reparos emergenciais, o DER-RJ, reestabeleceu a segurança do tráfego, que está no esquema pare e siga neste trecho.

Estrada vai receber serviços de roçada, a começar pelos pontos mais críticos, facilitando visibilidade de motoristas, motociclistas e ciclistas-Divulgação

Durante a reunião, o parlamentar recebeu a garantia de que aquele trecho, inicialmente, receberá serviços de roçada, a começar pelos pontos mais críticos, o que facilitará visibilidade de motoristas, motociclistas e ciclistas, em todo o percurso. Segundo Forastieri, estas ações devem ser realizadas até o próximo dia 27, para oferecer também mais segurança aos participantes de um passeio ciclístico que está previsto para acontecer naquela região.

Ainda de acordo com o vereador, Uruan informou que outros serviços estão previstos para a Estrada, por parte do Governo do Estado. Isto em razão dela ter sido muito castigada no ano passado, durante período de chuvas, cujo trabalho de melhorias, então iniciados, não foram concluídos. “Agora, primeiramente será feito um desvio, dentro de um prazo de 90 dias, para que o DER possa atuar, promovendo as devidas correções”, salientou Tiago, acrescentando que as futuras ações do DER, a partir de seu início, terão um prazo estimando em 10 meses para o término – o processo de licitação deve ser concluído em 20 dias.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !