Vereador Mamede comenta funções de comissões das quais foi eleito

0

 

BARRA MANSA

Neste mês aconteceu a votação das comissões permanentes da Câmara de Vereadores deste ano. Jefferson Mamede (PSC) foi eleito como membro titular em três delas. Ele se candidatou para fazer parte da Comissão de Saúde, Previdência Social e Funcionalismo Público e foi indicado para as comissões de Constituição, Justiça e Redação e Segurança Pública e Combate às Drogas. Quem será o que dentro das comissões será definido pelos próprios eleitos. Cada uma tem três titulares – presidente, vice-presidente e membro.

Uma das comissões mais concorridas é a de Constituição, Justiça e Redação. O vereador disse que sua indicação para essa comissão pelos demais parlamentares, foi justificada pela experiência em administração pública, pelo seu conhecimento em legislações e pelo esforço que ele demonstrou ao acompanhar as reuniões da Comissão de Justiça durante o ano de 2018, quando ainda era suplente.  “Fiquei honrado em ser indicado para a Comissão de Constituição e Justiça por considerá-la muito importante diante da responsabilidade em analisar os projetos apresentados na Câmara pelos vereadores, bem como as mensagens enviadas pelo Executivo, para que todos possam ser avaliados em sua legalidade e constitucionalidade”, disse Jefferson Mamede.

Sobre a Comissão de Saúde, Previdência Social e Funcionalismo, o vereador explicou que fez questão de se apresentar como candidato por se tratar de políticas públicas diferentes, no entanto, de grande relevância para a cidade. “Barra Mansa já avançou, mas precisa avançar mais na prestação de serviços de saúde e eu quero participar dessa discussão. Tenho me empenhado há algum tempo nessa área e em 2018 consegui apresentar leis que têm impactos diretos no SUS. Uma delas determina a Fila Virtual para marcação de exames e consultas”, mencionou que está perto de completar 25 anos como servidor público e tem a visão de contribuir com políticas que dignifiquem e valorizem o servidor, bem como a defesa de seus direitos.

Mamede citou ainda uma conquista de emenda parlamentar, na ordem de R$ 1 milhão de autoria do deputado federal Sostenes Cavalcanti (PSD-RJ), destinada a políticas públicas para a saúde no atendimento de médias e altas complexidades.

A experiência profissional desenvolvida em anos anteriores na área de gestão em segurança pública que resultou em projetos não apenas para Barra Mansa, mas para outras cidades da região e em âmbito nacional, foi um dos motivos para indicação de Mamede para a Comissão de Segurança Pública e Combate às Drogas, que tem por finalidade cooperar e promover intercâmbio com outras entidades, movimentos, instituições e organizações que tenham o objetivo identificado com a atuação da comissão.

O vereador lembrou que foi membro do Conselho Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça; ajudou na criação do Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública, que contempla 13 cidades; e foi autor de projetos responsáveis pela captação de R$ 4 milhões de recursos para Barra Mansa e outras cidades do Médio Paraíba. “Estou muito satisfeito com as três comissões para as quais fui eleito, principalmente por virem ao encontro de um trabalho que já vinha desenvolvendo e buscando melhorias, como gestor, antes mesmo de assumir uma vaga de suplente”, finalizou o vereador.

 

 

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !