Vasco é superado pela Portuguesa em Edson Passos

1

RIO DE JANEIRO
Estreando na Taça Rio, o Vasco foi até Edson Passos, na tarde deste domingo, dia 25, e saiu derrotado do Estádio Giulite Coutinho. Jogando com o time reserva, o Cruzmaltino foi superado pela Portuguesa, pelo placar de 1 a 0. O próximo duelo na competição será diante do Macaé, na próxima quinta-feira, dia 1º. O duelo será disputado Estádio de São Januário, às 19h30min.

O JOGO
A primeira investida no duelo em Edson Passos foi do Vasco, logo aos dois minutos de bola rolando. Giovanni Augusto inverteu para Rildo, que acionou Fabricio na entrada da área. O lateral-esquerdo finalizou e mandou por cima do gol da Portuguesa. Na sequência, Rafael Galhardo cobrou falta com perigo pela direita. A redonda passou por todo mundo e o camisa 1 adversário precisou se esticar para efetuar a defesa. A chance da Lusa veio aos cinco minutos, quando Romarinho tentou de fora da área e viu Gabriel Félix afastar o perigo.

Aos 18, Rafael Galhardo infiltrou na área após bom passe de Giovanni Augusto, ele levou para a linha de fundo e finalizou com perigo. Quando o cronômetro marcava 29 minutos, após cobrança de escanteio, Tiago Amaral cabeceou e abriu o placar para o time mandante do jogo: Portuguesa 1 a 0.

O gol do adversário não abateu o Cruzmaltino, que seguia criando boas chances de igualar o placar. Aos 37 minutos, Rildo limpou a marcação e cruzou para Giovanni Augusto. O meio-campista tocou para o meio e Fabricio aproveitou para chutar com perigo de fora da área. Antes do apito final da primeira etapa, aos 45, Giovanni Augusto acionou Rildo, que ganhou da marcação e finalizou. A zaga da Portuguesa tirou a bola na linha e, no rebote, Giovanni deu para Riascos concluir de bicicleta e quase marcar o primeiro vascaíno.

Na volta para o segundo tempo, o panorama da partida não mudou e o Vasco seguiu criando boas chances.

Aos 25 minutos, Caio Monteiro aproveitou passe errado da defesa da Portuguesa e tocou para Luiz Gustavo, que finalizou com perigo e viu a zaga adversária cortar. Quando o cronômetro marcava 31 minutos, a Portuguesa chegou com Tiago Amaral, que dominou e finalizou de fora da área. O goleiro Gabriel Félix apareceu para efetuar a defesa e mandar a redonda para escanteio. Aos 41, Paulo Vitor cruzou buscando Rildo na área, mas a defesa adversária afastou.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !